Exclusivo

Evandro Santo comenta mudança no visual, superação do vício em drogas e abstinência sexual

Ex-Pânico conta que perdeu muito dinheiro com drogas e fala sobre projeto de consultoria de saúde mental


Evandro Santo, sorridente, sentado em uma cadeira, com um casaco laranja e os braços cruzados apoiados na mesa.
Evandro Santo está cheio de planos após se recuperar de vícios nas drogas e fala de mudança da aparência - Reprodução/Instagram

No ano passado, o humorista Evandro Santo decidiu, pela quinta vez, se internar em uma clínica de reabilitação e tentar se livrar do vício das drogas - no caso dele, anfetamina e ecstasy. Há 11 meses, ele comemora por estar "limpo", tem planos de se tornar um consultor de saúde mental e está o mesmo período sem sexo, o que ele diz não ser um problema.

"São onze meses sem transar e a droga estava muito ligada ao sexo. Sexo, drogas e música eletrônica. Como esperei tanto tempo, não tenho mais pressa, transei muito na vida, então dá para esperar e ver o que vai acontecer", conta ele em entrevista ao NaTelinha.

Solteiro, Evandro também diz que não se sente melhor sozinho, mas espera encontrar a pessoa ideal sem pressa e toma uma medicação para diminuir a libido.

"Tem que ser alguém que signifique alguma coisa, aquela coisa popular, feito um coelho não mais. Estou virando cada vez mais um bom partido e logo o varão virá".

Nos últimos dias, Santo tem chamado a atenção nas redes sociais por mudar a aparência com frequência os cabelos, sobrancelhas e até no rosto, onde tem quatro tatuagens. Sobre as mudanças, ele define como 'expressoterapia'.

"As pessoas não entendem que sou um cidadão gay, livre e com as contas pagas, então eu não preciso ter essa avaliação. Se é uma pessoa de saúde mental que chama a minha atenção, mas nenhum deles chamou, nenhum psiquiatra, psicólogo...Acham até engraçado e divertido".

Evandro explica que estava em uma fase de questionamento e aos poucos as mudanças radicais no visual devem ir suavizando. "Como não estou fazendo palco, o artista tem que sair para algum lugar, então ele vai para esse. Nunca me achei tão interessante, eu me namoraria, me pegaria fácil", diz aos risos.

Evandro Santo comenta mudança no visual, superação do vício em drogas e abstinência sexual

Evandro Santo não tem planos de voltar a fazer humor na TV

Com a experiência de vida de luta contra as drogas, Evandro pretende colocar todo esse conhecimento em prática e se planeja para se tornar um consultor de saúde mental, além de lançar um podcast. "O Santo Help é uma consultoria de saúde mental, que vou falar com a pessoa se ela pode internar ou não, com um profissional do meu lado. Não sou terapeuta, psicólogo ou psquiatra. Essa pessoa vai estar avaliando comigo aquele paciente, cuido desde a internação até planos do que ela vai fazer na sobriedade", explica.

Por enquanto ele não pretende voltar a fazer humor por saber que boa parte das pessoas não sabem separar o personagem da vida real.

"O que eu ia contribuir no humor atualmente? Como posso pegar a saúde mental e transformar em comédia? É mais fácil eu ser alegre, bem humorado, não me imagino num bar ou teatro lotado falando sobre isso. Já foi, sou muito grato à comédia. Na TV faria alguma coisa se fosse documentário, ligada à saúde mental...".

Como Chiristian Pior, Evandro admite que já se apresentou algumas vezes no Pânico sob efeitos de drogas, uma delas durante uma entrevista com Faustão na porta de um evento. "Vamos supor que fiz 1000 programas, destes, 20 eu fiz chapado", diz.

O humorista diz que não acredita que a fama tenha sido responsável por ele ter consumido ainda mais drogas, o que lhe trouxe prejuízo mental e financeiro.

"Já entrei adicto recreativo quando comecei a ser famoso. Então a fama não foi responsável. Talvez por a fama exigir muita energia, tem que estar sempre bem humorado, mascarei algumas dores muitíssimas vezes com medo de talvez perder o emprego ou sofrer alguma retaliação. Você acaba aceitando muita coisa que não quer fazer".

Entre abril e maio, Evandro lança em seu canal do YouTube o podcast chamado Dose de Sobriedade.

"Na minha idade você descobre que não precisa de muita coisa para viver, só se tiver coerência, prestígio e conforto são mais louváveis. Você fica livre um pouco do julgo e se lança em projetos que você queira. Um programa meu de entrevistas na TV, eu iria".

Confira a entrevista em vídeo:

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias
Outros Famosos