Igor Palhano

Filho de Mussum vai à DP prestar queixa contra shopping por racismo

Dentista Igor Palhano diz que seguranças exigiram documento de moto e habilitação para deixar local


O dentista Igor Palhano, filho do humorista Mussum, agachado com uma moto ao fundo
O dentista Igor Palhano, filho do humorista Mussum - Reprodução/Instagram

O dentista Igor Palhano, filho do humorista Mussum, foi até a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Centro do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (4), para oficializar o registro de denúncia de racismo contra os seguranças do shopping ParkJacarepaguá, no qual ele afirma que sofreu racismo dos profissionais do local.

Igor afirma que foi impedido por seguranças de deixar o estacionamento do shopping com a sua moto e que lhe foi exigido que apresentasse documento do veículo e sua habilitação.

Filho de Mussum faz desabafo no Instagram

Após o episódio no shopping, Igor Palhano gravou vídeos na quinta-feira (3) para os Stories relatando tudo o que passou. Ele contou que foi ao local acompanhar a esposa para trocar roupas. 

"Estou com nojo e agora entendo as grandes revoltas e lutas. Sim, eu sofri racismo, é pesado"

"Ao tentar sair, fui abordado, e o segurança me perguntou onde eu estava indo. E disse que a saída de moto não poderia ser por ali. Concordei e depois perguntei por onde eu poderia sair, já que não tinha visto nenhuma placa. Ele ficou me olhando estranho e pediu pra eu aguardar. Cinco minutos depois, ele veio e me pediu documento e habilitação", contou o dentista. 

Ele seguiu dizendo que após apresentar os documentos, um dos seguranças disse que ele não poderia sair por medidas de segurança. "Eu disse então que teria que ir na administração ou SAC para resolver o problema. Estacionei a moto e fui lá ver se alguém me ajudava. Cheguei e já estava fechado e e ninguém estava nos setores. Logo depois, fui parado por um dos seguranças, 'negro', que perguntou se podia ajudar. Nisso, eu expliquei e o mesmo concordou que se eu fosse branco isso não teria acontecido", continuou. 

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria do shopping ParkJacarepaguá emitiu um comunicado.  "A administração do shopping informa que está apurando o caso internamente. A empresa esclarece ainda que repudia qualquer tipo de discriminação", diz a nota. 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos