Após DNA

Filho de Mussum luta na Justiça para ter o nome do pai

Higor Palhano, de 29 anos, quer ser reconhecido oficialmente

Filho de Mussum luta na Justiça para ter o nome do pai
Higor Palhano é um dos filhos do humorista Mussum - Foto: Reprodução/Montagem

Publicado em 31/07/2020 às 18:15:40

Por: Redação NT

Desde outubro de 2019, o dentista Higor Palhano batalha para ser reconhecido com um dos filhos do humorista Mussum (1941/1994) na Justiça. O rapaz, de 29 anos, já realizou teste de DNA e agora aguarda a finalização de um documento para recolher as assinaturas dos outros irmãos.

De acordo com informações da jornalista Fabíola Reipert, do programa Balanço Geral SP, Higor espera ansioso pela entrega do documento e espera que todos os outros cinco irmãos assinem. É que o falta para ser reconhecido oficialmente, já que em exame de DNA ficou provado ser filho de Mussum.

Ainda segundo a jornalista do quadro A Hora da Venenosa, Higor não pretende batalhar por herança, mas apenas resolver um fato do seu passado. O carioca descobriu há 10 anos ser filho do ex-Trapalhão, mas por conta do bom convívio com o padrasto na época, preferiu não tomar nenhuma atitude.

Outros irmãos

Durante a sua vida, Mussum teve alguns relacionamentos oficiais e outros fora, gerando filhos. Com Leny Castro o humorista viveu por quatro anos e teve o filho Augusto Cezar. O segundo casamento foi com Neila da Costa Bernardes Gomes, tendo um menino chamado Sandro. Os dois casamentos aconteceram entre 1965 a 1994, considerados os oficiais.

Fora do casamento ele teve mais três filhos: Paula Aparecida, do namoro com Maria Glória Fachini, Antonio Carlos Filho, da relação com Therezinha de Oliveira, e Antônio Carlos Santana (Mussunzinho), da relação com Maria Francisca de Santana.

O humorista Mussum foi o segundo do quarteto de Os Trapalhões a falecer. Aos 53 anos, em julho de 1994, Mussum sofreu com complicações após um transplante de coração. A escola de samba Mangueira decretou luto com o falecimento do artista na época.






Siga o NaTelinha nas redes sociais


Reportar erro

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!