Reportar erro
Emocional abalado

Alec Baldwin é processado por eletricista que acusa negligência

Rust tem mais problemas nos bastidores

Alec Baldwin gesticulando com floresta ao fundo
Alec Baldwin será processado por eletricista do filme - Foto: Reprodução/TMZ
Redação NT

Publicado em 10/11/2021 às 16:59:00

Alec Baldwin e outros funcionários do filme Rust estão sendo processados pelo chefe do departamento elétrico do longa-metragem. O TMZ informou nesta quarta-feira (10) que Hannah Gutierrez-Reed e o diretor assistente Dave Halls são alvos da ação judicial de Serge Svetnoy, além do próprio ator.

O profissional enfatiza que o tiro disparado por Baldwin no set que matou Halyna Hutchins foi uma negligência que custou sua saúde emocional. Ele pede indenização e julgamento com júri e relaa que conhecia a diretora de fotografia desde 2016.

Em documentos obtidos pelo TMZ, o eletricista diz que foi um dos primeiros a tentar socorrê-la, tentando fazer com que ela ficasse consciente. No processo, ainda, coloca em Baldwin a responsabilidade de tomar cuidados com o revólver oferecido.

Na cena da tragédia, segundo ele, Baldwin teria apenas que sacar a arma e apontá-la na direção da câmera e não atirar. "Eles [produção] tentar economizar dinheiro contratando poucos funcionários para manusear armas de fogo. Houve outros lapsos no seto, incluindo violação de normas da indústria, recusa de pedidos de dias de treinamento de armas, etc", contou.

Rust, com Alec Baldwin, vive inferno astral

A produção, que contou com uma tragédia mortal em outubro, sofreu outra baixa: Jason Miller, cineasta da película, foi picada por uma aranha venenosa. O ferimento o mandou direto para o hospital e ele pode ter o abraço esquerdo amputado.

A mãe do profissional avisou que já procurou um advogado para entrar com um processo de indenização trabalhista. Ela também acrescentou que o cineasta está muito doente com a picada e que precisará de um enxerto de pele quando a ferida finalmente começar a cicatrizar.



TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos