Reportar erro
No xadrez

YouTuber é preso por pirataria de TV e pena pode chegar a 514 anos

Influenciador digital oferecia serviço ilegal para usuário

Omi in a Hellcat posa para foto segurando o pulso
YouTuber é preso por pirataria de TV e pena pode chegar a 514 anos - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 25/09/2021 às 15:26:28,
atualizado em 25/09/2021 às 15:40:40

Bill Omar Carrasquillo, mais conhecido nas redes sociais como Omi in a Hellcat, foi preso suspeito de promover pirataria na internet. O youTuber administrava uma plataforma que permitia que o usuário tivessem acesso a toda programação de TV a cabo de forma irregular. Segundo denúncias, o serviço chegou a movimentar mais de 30 milhões de dólares. Bill, que tem quase 800 mil seguidores em seu canal no YouTube, pode pegar até 514 anos de prisão.

Em entrevista para o canal Fox 29, o influenciador digital negou as acusações. "Acho que nunca fiz nada de errado. Obviamente, eu estava administrando os negócios de maneira aberta ao público. Disseram que tudo o que eu fiz foi criminoso. Eu apenas sinto que encontrei uma brecha (da lei), passei por ela e me saí muito bem. É uma área cinzenta da lei", contou.

Na última semana, o youTuber Dmitry Beshentsev, conhecido nas redes sociais como Dima Vert, morreu após sofrer uma queda em Moscou, na Rússia. Aos 34 anos, o influenciador digital gravava vídeo para atualizar seu canal no YouTube, Beam of the Inquisition, em cima de um telhado de um prédio abandonado, quando uma escada cedeu. O local servia de garagem para bondes e estava sem nenhuma serventia recentemente.

Morre humorista do Saturday Night Live

Na terça-feira (14/9), Norm Macdonald, humorista famoso por participar do elenco de Saturday Night Live durante vários anos, morreu aos 61 anos. Ele faleceu vítima de câncer, doença que lutava há nove anos, conforme noticiado pelo site Deadline. A agência que cuidava da carreira de Macdonald, a Brillstein Entertainment, confirmou a morte do comediante.

Lori Jo Hoekstra, amiga que estava com o humorista no momento de sua morte, afirmou que ele escondeu ter câncer da família durante quase uma década.

"Ele tinha muito orgulho de sua comédia. Ele nunca quis que o diagnóstico afetasse a maneira como o público ou seus entes queridos o vissem. Norm era um comediante puro. Ele uma vez escreveu que 'uma piada deve pegar as pessoas de surpresa e nunca se submeter aos gostos dos outros'. Ele certamente nunca se submeteu. Norm vai fazer muita falta", disse a mulher ao Deadline.

Mais Notícias
Outros Famosos