Reportar erro
Lamentou

Ary Fontoura lamenta morte de Tarcísio Meira: "Como pode uma coisa dessa?"

"Tava pedindo pelo amor de Deus para que ultrapassasse esse problema", reclamou

Ary Fontoura ao vivo com Fátima Bernardes
Ary Fontoura falou ao vivo no Encontro - Foto: Reprodução/TV Globo
Redação NT

Publicado em 12/08/2021 às 11:45:35,
atualizado em 12/08/2021 às 12:05:37

Ary Fontoura entrou ao vivo no Encontro com Fátima Bernardes na manhã desta quinta-feira (12) para falar sobre a morte de Tarcísio Meira, que não resistiu às complicações da Covid-19. "Como pode uma coisa dessa? Tava pedindo pelo amor de Deus para que ultrapassasse esse problema", lamentou.

"Fico pensando na Glória. Queria estar ao lado dela. Eu a vejo tão solitária. Gostaria tanto de abraçá-la, confortá-la nesse momento difícil", continuou o veterano, que também já tomou duas doses contra a Covid-19.

Fátima também lamentou a morte e disse estar pensando em Glória e Tarcísio Filho. "Muito difícil, resta rezar para que Deus o conduza para o melhor caminho. Me coloco no seu lugar [Fátima]. Não é fácil sorrir enquanto todos à sua volta estão chorando", encerrou o ator, que esteve em Orgulho e Paixão (2018), última novela de Tarcísio.

A morte de Tarcísio Meira

O ator estava internado desde a última sexta-feira (6) e contava com apoio de ventilação mecânica invasiva e diálise contínua. Ele foi vacinado contra a Covid-19 no início do ano. Assim como sua esposa, Glória, recebeu a segunda dose no mês de março, em Porto Feliz, onde tinha um sítio no interior de São Paulo.

O último trabalho do artista ocorreu em Orgulho e Paixão (2018), enquanto a atriz esteve em Totalmente Demais (2015). No ano passado, ambos foram demitidos pela Globo, em um processo de reestruturação, após 53 anos. O casal passaria a trabalhar por obra, como virou praxe entre os artistas de uns anos pra cá.

Tarcísio foi um dos grandes galãs da dramaturgia e protagonizou Irmãos Coragem (1970), Cavalo de Aço (1973), Escalada (1975), Espelho Mágico (1977), Roda de Fogo (1986), Torre de Babel (1998), O Beijo do Vampiro (2002), entre tantas outras produções.



Mais Notícias
Outros Famosos