Reportar erro
Ataque

Punido pelo YouTube, Lacombe alega que teve canal hackeado: "Colocaram conteúdo pornô"

Apresentador se pronunciou

Luís Ernesto Lacombe
Luís Ernesto Lacombe - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 08/06/2021 às 17:29:57,
atualizado em 08/06/2021 às 17:46:45

Luís Ernesto Lacombe alegou que seu canal no YouTube foi alvo de ataque hacker antes de ser retirado do ar. O apresentador da RedeTV! explicou que criminosos publicaram conteúdo pornográfico, o que gerou a punição.

“Meu canal foi bloqueado pelo YouTube porque ele foi hackeado ontem à noite. A minha equipe foi notificada já que os hackers colocaram conteúdo pornográfico no canal. Trocaram a foto e bagunçaram todos os vídeos. Não sei porque eu tenho uma equipe que trabalha nisso e só fui avisado por ela. Como a conta foi bloqueada e os hackers não conseguiram, aparentemente, trocar o e-mail de contato, minha equipe está buscando a recuperação. Mas não foi por nenhum conteúdo publicado por mim, esperamos recuperar o canal em breve”, explicou para o colunista Leo Dias.

Ainda segundo o jornalista, sua equipe está em contato com a plataforma de vídeos para tentar reverter a situação. “Ainda não há previsão para retorno do canal. O último e-mail deles é de um gerente de operações do Google dizendo que pediu urgência para revisar o status da conta. Por enquanto o canal continua inexistente mas mantemos as esperanças da recuperação apesar da torcida em contrário dos amantes da liberdade e da democracia que comemoraram o bloqueio do canal não desistimos. Sou totalmente contra a qualquer tipo de censura mesmo das pessoas que pensam de forma diferente da minha mas infelizmente não é o que a gente vê por aí “, finalizou.

YouTube retira canal de Lacombe do ar

O canal de do contratado da RedeTV! saiu do ar. Favorável ao presidente Jair Bolsonaro (partido), Lacombe também mantinha conteúdos negacionistas, e seu perfil foi deletado pela plataforma por "nudez ou conteúdo sexual". O canal possuía 1,2 milhão de inscritos e 129 vídeos.

Dos conteúdos postados, a maioria continha entrevistas com apoiadores do atual governo, como Otávio Fakhoury, o vereador Nikolas Ferreira, Bernardo P. Küster, Alessandro Loiola e Allan dos Santos.



Mais Notícias
Outros Famosos