Reportar erro
Luto

Famosos lamentam morte de Eva Wilma: "Interminável aplauso"

Nomes como Reynaldo Gianecchini e Miguel Falabella deram adeus à veterana

Eva Wilma posa ao lado do amigo Ary Fontoura
Ary Fontoura e outros famosos prestaram última homenagem a Eva Wilma, morta aos 87 anos - Foto: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 16/05/2021 às 13:36:00

A morte de Eva Wilma, vítima de um câncer de ovário aos 87 anos, comoveu a classe artística. Ela estava internada desde o dia 15 de abril, mas um quadro de insuficiência respiratória a tirou de cena na noite de sábado (15). Veterana dos palcos e pioneira na TV, a atriz fez história na arte brasileira, com mais de 60 anos de carreira.

Reynaldo Gianecchini, que foi filho de Eva Wilma em Esperança (2002) e Verdades Secretas (2015) escreveu: "Vibrei muito quando soube que ia trabalhar tão próximo a ela, porque já a admirava há muito tempo. Já me emocionei com ela tantas vezes, assistindo a seus trabalhos no teatro e na TV. Que sorte! Quantos momentos especiais pude dividir com ela, quantas cenas lindas fizemos. Jogar com ela em cena era fácil, era só estar presente e seguir o mestre, ela te dava tudo!".

Miguel Falabella relembrou que seu primeiro trabalho como diretor foi com a veterana, em Sassaricando (1987). "Gravamos, no final, uma linda cena, e ela me disse que eu jamais me esqueceria de que ela tinha sido a primeira atriz que eu dirigira na televisão. Como poderia eu esquecer? Se as noites na Ilha do Governador eram preenchidas por seu talento nas inesquecíveis tramas da Tupi, onde ela reinou por anos, antes de mudar-se para a Globo."

Lima Duarte, parceiro de cena em Pedra sobre Pedra (1992), Desejo Proibido (2007), entre outros títulos, citou o poeta Guimarães Rosa: “O mundo é mágico: as pessoas não morrem, ficam encantadas… A gente morre é para provar que viveu”. E acrescentou: "Me despeço da minha grande amiga e colega de profissão. Descanse em paz!".

Ary Fontoura, com um formou a impagável dupla de vilões em A Indomada (1997), se disse profundamente abalado com a notícia. "Fica para mim a lembrança de uma mulher de fibras, dona de um talento invejável. E com certeza o céu acaba de ganhar mais uma estrela", homenageou.

Personagens de Eva Wilma nos anos 1970 foram reencarnados por Christiane Torloni nos remakes de A Gata Comeu (1985) A Viagem (1994). Para a atriz, a veterana foi uma inspiração. "Minha mais profunda gratidão! Parceira adorável de cena & camarins, está agora nos braços dos Deuses do Teatro coroada de aplausos! Estaremos sempre juntas", escreveu.

Confira as homenagens de famosos a Eva Wilma



Mais Notícias
Outros Famosos