Reportar erro
Fio da navalha

Suely Franco diz que seu dinheiro está acabando e revela sonho pós-pandemia

Economias da atriz estão chegando ao fim

Suely Franco sorrindo
Suely Franco se mudou devido a dificuldades financeiras - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 22/04/2021 às 12:08:35,
atualizado em 22/04/2021 às 12:17:15

Suely Franco está sem trabalhar, com mais de um ano em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), e a atriz lamenta que suas economias estejam no fim. "Minhas economias estão realmente acabando, mas ainda não chegaram ao fim", diz ela ao jornal Extra, adiantando um sonho pós-pandemia: saltar de asa-delta da rampa da Pedra Bonita, no Rio de Janeiro.

"Mas, antes disso, o que mais gostaria mesmo é receber um convite para algum trabalho na TV", pede ela, que está fora das novelas desde 2019, quando integrou o elenco de A Dona do Pedaço. Nesta quinta-feira (22), ela estreia o primeiro monólogo de sua carreira, também em versão on-line. Intitulada de Ela e Eu - Vesperal com Chuva, com direção de Rogéria Gomes, narra as memórias de uma senhora de 80 anos sobre a infância, amores e decepções.

A atriz afirma precisar e querer trabalhar. "Por uma necessidade financeira, mas tudo o que faço, na TV e no teatro, é com gosto. Uma vez, uma garotada de atores veio falar comigo. E eu disse: 'Vocês têm que ter paciência, estudar e arranjar maneiras de ganhar dinheiro fora da TV'. E um rapaz questionou: 'Meu Deus, é verdade?'. Os jovens estavam por fora de tudo, pensando que ao chegar na TV já seria tudo garantido".

A mudança de Suely Franco

Conforme noticiou o colunista Ancelmo Gois no último final de semana, Suely deixou um apartamento na Zona Sul do Rio de Janeiro por não conseguir pagar aluguel e condomínio. A taxa de condomínio agora é comemorada por Suely, que é de R$ 300. O médico recomendou que ela fosse para um lugar que não tivesse escadas, por conta de uma prótese que colocou no joelho.

"Na minha situação, é melhor subir escada do que acumular dívidas, né? Recebi muitas mensagens e ligações de gente querendo me ajudar. Minhas economias estão realmente acabando, mas ainda não chegaram ao fim", lamenta.

Com a pandemia, tem acordado na hora que quer e vem devorando livros. E não quer saber de redes sociais: "Não sei mexer nesses aplicativos. Nem o WhatsApp eu tenho! Ary Fontoura, que é meu amigo, dá um baile em todo mundo. Vou contar uma coisa em que você é capaz de não acreditar: até hoje não consegui acertar o jeito de colocar as séries (no streaming) na TV. Mas eu prefiro mesmo ler meus livros. Sou da idade da pedra, apesar de ter 16 anos".

Sobre o futuro, pondera: "Se eu tiver que passar por algum infortúnio, que seja assim. Mas só deixo para me preocupar com as coisas ruins quando ela acontecem".



TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos