Diversão

Suely Franco mostra gingado e dança sertanejo no "Encontro com Fátima Bernardes"

Atriz se divertiu com música de Marcos e Belutti

Suely Franco mostra gingado e dança sertanejo no
Suely Franco dançou no palco do "Encontro" - Foto: Reprodução/Globo

Publicado em 07/08/2019 às 13:24:42 ,
atualizado em 07/08/2019 às 14:23:00

Por: Naian Lucas

Suely Franco, 79, atualmente no ar em “A Dona do Pedaço”, foi um dos destaques do “Encontro com Fátima Bernardes”. desta quarta-feira (07). A atriz falou sobre ter vivido num relacionamento abusivo, mas, ao dançar a música “Tonelada de Solidão”, de Marcos e Belutti, chamou atenção pelo seu estilo espontâneo no palco.

A intérprete de Marlene ficou ao lado dos outros convidados do programa matinal da Globo, e mostrou todo seu gingado durante a apresentação musical, mexendo os braços e girando de um lado para o outro. “Suely Franco é maravilhosa! Sensacional convidada do #Encontro! Transborda diversão!”, escreveu uma internauta.

Só que não foi apenas a dancinha da artista que fez sucesso no “Encontro”. Ela contou como tem sido trabalhar na novela das nove escrita por Walcyr Carrasco e dirigida por Amora Mautner. Quando Fátima disse que Marlene quer casar, Suely brincou: “Tudo depende da hora”.

E, brincadeira deixada de lado, Franco contou que viveu um relacionamento abusivo quando mais jovem. “Eu já tive isso de um parceiro que me botava pra baixo e fui criada naquela coisa de ‘o senhor mandou, tem que fazer’”, relatou.

Ela percebeu que sofria numa relação abusiva quando foi fazer uma peça de teatro e deu vida a Amélia. “Quando começaram a falar da Amélia, eu disse 'Meu Deus, eu sou isso que eles estão falando? Eu sou essa porcaria que estão dizendo?'”, contou, resolvendo mudar a partir daquele dia. Suely ainda relatou que terminou o casamento e gritou para o público: “Pela mulher’.

O assunto surgiu por conta do tema principal do programa da Globo. A Lei Maria da Penha completa 13 anos nesta quarta e o “Encontro” debateu o assunto, trazendo histórias de mulheres que sofreram com agressões e qual a importância do debate para que outras moças não sejam violentadas pelos seus companheiros, familiares, amigos e até mesmo homens estranhos.

Confira o vídeo com o gingado de Suely Franco:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!