Reportar erro
Bolsonarista

Sikêra Jr muda de ideia, toma vacina contra Covid-19 e manda recado para "esquerdistas"

Apresentador que havia falado contra imunização tomou a primeira dose no sábado (17)

Dentro de carro, Sikêra Jr. recebe a vacina contra a Covid-19
Em tom de brincadeira, Sikêra Jr. gritou ao receber vacina contra Covid-19 - Foto: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 18/04/2021 às 14:15:00

O apresentador Sikêra Jr., do Alerta Nacional, tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 no sábado (17) e fez questão de compartilhar o momento nas redes sociais. Defensor do presidente Jair Bolsonaro, ele já havia falado contra a imunização. Por meio dos stories do Instagram, o contratado da RedeTV! mostrou que mudou de opinião.

Na hora de receber a vacina, Sikera Jr. fez graça. Ao comparecer a um drive-thru em Manaus, ele demonstrou medo e gritou ao receber a agulhada. Uma enfermeira riu da brincadeira e perguntou qual era a sensação de estar mais próximo da imunização. "Vitória! São esses profissionais que se arriscam por nós. Que Deus os abençoe, que proteja cada um de vocês", disse, agradecido.

Mais cedo, o apresentador já havia falado aos seguidores sobre sua intenção de receber a primeira dose. "Tô indo vacinar. Dia histórico pra mim, peço a Deus que tudo corra bem e que a cura venha, minha gente. Que a imunidade venha. Depois eu conto pra vocês como que é, só não vou mostrar a picada porque eu tenho pânico de agulha. Chegou a hora. É agora. É a hora da verdade. Pelo amor de Deus, me mostre essa agulha logo, em nome de Jesus".

Depois, já em casa, ele mandou um recado para os "esquerdistas" que viram incoerência com a postura adotada desde o início da pandemia. "Vocês têm que procurar um psiquiatra. Vocês não são normais. Não era melhor ter tomado cloroquina? Eu tomei cloroquina e azitromicina, tive a doença e vou tomar a vacina. Vou tomar a segunda dose. E aconselho todo mundo a tomar", garantiu.

No registro, ele ainda fala de seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro e cita a primeira-dama, Michelle Bolsonaro. "E o presidente vai gostar? O presidente pode mandar na mulher dele, quem manda em mim sou eu”, concluiu. Assista ao vídeo do apresentador recebendo a primeira dose contra a Covid-19:

Sikêra Jr. havia mostrado desconfiança com Coronavac: "Eu não quero tomar essa vacina"

Há alguns meses, a postura de Sikêra Jr. era diferente. À frente do Alerta Nacional, ele se mostrou contrário à vacinação obrigatório e mostrou desconfiança sobre a origem das doses. Neste fim de semana, ele recebeu a Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

"Meu corpo, minhas regras. Vocês já devem ter ouvido isso. Porque vão obrigar a gente a tomar vacina, não é? Eu não quero tomar essa vacina. Mas é sério que eu vou ser obrigado? Vou ter que fugir pra um matagal na Amazônia? Pra me esconder? Eu não quero", disse, em vídeo postado em seu canal no Youtube.

No registro, apagado recentemente, ele foi adiante: "Eu tenho direito a não querer ser vacinado. É um direito, o corpo não é meu? Eu não quero tomar essa vacina, não sei de onde veio, quem fez? Aliás, a gente sabe de onde veio. Vem da China, todo mundo sabe disso. Quem quiser tomar, pode tomar na jaca, porque eu não vou tomar não".



Mais Notícias
Outros Famosos