Reportar erro
Salvou a vida

Orlando Morais atribui cura da Covid-19 a Gloria Pires: "Finquei os olhos nos olhos dela"

Músico de 59 anos chegou a ficar em estado grave na UTI de hospital em Brasília

A atriz Gloria Pires é casada desde 1987 com o músico Orlando Morais
"Gloria virou um bicho acuado", comentou Orlando Morais sobre dias de internação por Covid-19 - Foto: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 11/04/2021 às 16:11:00

Orlando Morais sobreviveu à Covid-19. Aos 59 anos, o músico, casado com a atriz Gloria Pires, chegou a ficar em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em um hospital de Brasília. Em entrevista divulgada neste domingo (11), ele atribui a recuperação à esposa, com quem vive há mais de 30 anos.

"Finquei os olhos nos olhos da Gloria e ficava linkado nela para o caso de algo acontecer. Mesmo quando ela estava dormindo, eu ficava olhando. Era a referência para eu não sair de mim. Mesmo quando ficava de bruços, virava e procurava aqueles olhos", detalhou Orlando Morais em entrevista ao jornal O Globo.

O músico atribuiu a cura à esposa: "Sentia que minha vida estava ali, que, se desvinculasse, não conseguiria voltar. Gloria virou um bicho acuado, me olhava de um jeito, tipo: 'Cara, não vai embora'". Ele ainda citou a enteada: "Tenho um pacto de vida eterna com a Cleo, que me ligou lembrando (risos)".

"Antonia dizia que não conseguia encontrar meus olhos. Ao mesmo tempo, eu estava lúcido, pensando: 'Meu Deus, se acontecer alguma coisa vai ser uma piração com eles'. A gente vive muito junto. Na minha casa tudo pode, se fala sobre tudo, ninguém pune ninguém. Não somos exemplo para ninguém, mas a nossa coisa junto é muito foda."

 

Orlando Morais fala sobre tentativa de suicídio aos 13 anos: "Desencantei da vida"

Ainda em entrevista ao jornal O Globo, Orlando Morais deu mais detalhes sobre um episódio dramático em sua vida. Aos 13 anos, ele tentou suicídio, fato relatado no filme Orlamundo. "Me achava inapto para viver. Tinha medo de noite, da escuridão, de tudo. Desencantei da vida", explicou.

"O olhar do meu pai no hospital nunca saiu da minha cabeça, era o mais triste do mundo. Naquele momento, agarrei a vida e prometi que nunca mais ia morrer. Ele nunca tocou no assunto. Nem eu. Às vezes, eu o abraçava e queria dizer que aquilo nunca mais ia acontecer. Mas não consegui", prosseguiu Orlando.

Ele deixou o hospital após o tratamento contra a Covid-19 no início do mês, em 1º de abril. Durante a internação, ele foi acompanhado por Gloria Pires, com quem é casado desde 1987. Eles são pais de Antônia, Ana e Bento Morais, mas o cantor também considera a primogênita da esposa, Cleo, como sua filha.



Mais Notícias
Outros Famosos