Reportar erro
Luto

Morre Edson Montenegro, de Cidade de Deus, vítima da Covid-19

Ator tinha 63 anos e estava internado em UTI de hospital em São Paulo

Ator Edson Montenegro morreu em decorrência de complicações do coronavírus
Edson Montenegro atuou no filme Cidade de Deus e em novelas como Antônio Alves, Taxista e Xica da Silva - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 21/03/2021 às 13:30:00,
atualizado em 21/03/2021 às 14:35:58

Morreu nesse sábado (20), aos 63 anos, o ator Edson Montenegro, por complicações da Covid-19. Conhecido pelo filme Cidade de Deus, em que interpretou o pai do protagonista Buscapé (Alexandre Rodrigues), ele estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Paulistano, em São Paulo.

A assessoria do hospital confirmou a notícia ao NaTelinha. Desde o início deste domingo (21), diversos artistas e amigos de Edson Montenegro prestaram homenagens nas redes sociais, como Luís Miranda. "Acabo de saber dessa notícia muito triste a partida de mais um irmão amigo e companheiro de trabalho. Que o bom Deus tenha piedade de todos e leve aos céus nos caminhos de luz nossos irmãos amigos e parentes vítimas dessa tragédia", classificou o ator.

Miguel Falabella, que trabalhou com Montenegro em um musical, revelou que já tinha planos para retomar a parceria com o amigo em um espetáculo. "Meu muito querido Edson, o domingo amanheceu triste com sua passagem. Lembro de sua alegria quando começamos os ensaios de Donna Summer, o musical, e você me disse, carinhosamente, que estava muito feliz porque sempre teve vontade de trabalharmos juntos", escreveu.

O SBT, emissora onde Edson trabalhou em Os Ricos Também Choram (2005) e Cúmplices de um Resgate (2016), emitiu nota de pesar: "O SBT lamenta profundamente a morte do ator Edson Montenegro. Na emissora, Edson atuou nas novelas "Os Ricos também Choram", em 2005, como Aldeny; e em 2016, como Padre Lutero, em Cúmplices de um Resgate. O ator, de 63 anos, estava internado em São Paulo e morreu em decorrência de complicações da Covid-19. O SBT presta solidariedade aos amigos e deseja que Deus conforte sua família".

Antes de despontar no teatro e no cinema, especialmente no filme de Fernando Meirelles, Edson Montenegro fez trabalhos na TV. Integrou o elenco das novelas Antônio Alves Taxista (1996), no SBT, Xica da Silva (1996), na Manchete, e da minissérie Dona Flor e Seus Dois Maridos (1998), na Globo, entre outros títulos.

Filha confirma morte de Edson Montenegro:  "Meu pai descansou"

Em postagem no Instagram, Juliana Tavares, filha do ator, agradeceu o apoio: "Meu pai descansou. Em nome de toda a família, obrigado por toda a corrente do bem em oração e toda energia positiva que emanaram".

Confira publicações de famosos em homenagem a Edson Montenegro:

Mais Notícias
Outros Famosos