Reportar erro
Confusão

Homem que alugou casa de Elba Ramalho deixa imóvel após festa barrada pela polícia

Aluguel iria até a próxima segunda-feira (04)

Montagem com a tela dividida na festa com polícia e Elba Ramalho segurando um microfone
Elba Ramalho pediu de volta a casa depois de festa clandestina em Trancoso - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 31/12/2020 às 10:36:19

O homem responsável pelo aluguel da casa de Elba Ramalho em Trancoso, na Bahia, que fez uma festa barrada pela polícia por descumprir as normas da quarentena, deixou o imóvel na última quarta-feira (30), bem antes do previsto, a pedido da própria cantora depois de toda a confusão envolvendo o nome dela por causa do evento que atraiu aproximadamente 500 pessoas.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, o empresário Guilherme Souza concordou em devolver o imóvel para Elba Ramalho, mesmo antes de vencido o prazo de locação, previsto para acontecer na próxima segunda-feira (04), depois da repercussão negativa da festa. A cantora teria solicitado o fim do contrato porque ele descumpriu as normas e não acatou as orientações dela, de que somente poderia realizar eventos de até 200 pessoas, conforme prevê o regulamento em Trancoso.

O empresário afirmou para o jornal que está saindo da residência, além disso ele garantiu que não havia programado uma festa daquele tamanho e que as coisas acabaram saindo do controle. "Era apenas para os hóspedes da casa, mas tomou proporções gigantescas", explicou ele, afirmando ainda que já conversou com a artista. "Estou arrependido e pedi desculpas à Elba."

Festa na casa de Elba Ramalho

A polícia encerrou uma festa que estava acontecendo na casa de Elba Ramalho na noite dessa terça-feira (29) em Trancoso, na Bahia, por conta da aglomeração de aproximadamente 500 pessoas em plena pandemia do coronavírus. Segundo a cantora, ela não sabia do evento, já que está hospedada em um resort enquanto sua residência está alugada para turistas de São Paulo.

"A casa foi alugada do dia 25 de dezembro ao dia 4 de janeiro, como todos os anos eu faço. Esse é um período em que eu alugo outra casa ou fico numa pousada porque eu venho mesmo para descansar. A casa está nas mãos de outras pessoas, que vão responder. A responsabilidade é delas, não é minha", afirmou Elba ao site da revista Quem. "Estava na missa. Estava na igreja às 19h, fazendo a leitura de Salmos quando comecei a receber mensagem sem entender o que estava acontecendo. Fui incisiva com eles, dizendo que não poderiam infringir a regra determinada pelo juiz de Porto Seguro, que seria festa somente para 200 pessoas. Eles sabiam disso", contou a artista.

TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos