Reportar erro
Menino Ney

Racismo, Bruna Marquezine e homofobia: As polêmicas de Neymar em 2020

Jogador se envolveu em várias situações controversas

Neymar olhando para trás com o uniforme do PSG
Neymar se envolveu em muitas polêmicas em 2020 - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 29/12/2020 às 04:45:00

Neymar é uma das figuras mais controversas do universo das celebridades brasileiras e, como vem acontecendo nos últimos anos, o jogador do PSG se envolveu em muitas polêmicas em 2020. Seja no momento em que acusou um colega de futebol de racismo ou mesmo quando ele próprio foi acusado de crime de homofobia, o atleta brasileiro sempre esteve presente nas manchetes dos principais veículos de comunicação no Brasil.

Como uma figura polêmica que é, ele esteve envolvido em algumas situações controversas no ano que está terminando e o gran finale não poderia ser nada diferente do que a mega festa que supostamente vem sendo organizada por ele em plena pandemia em Mangaratiba, no Rio de Janeiro.

Confira as polêmicas de Neymar em 2020

Neymar faz festa de aniversário

Racismo, Bruna Marquezine e homofobia: As polêmicas de Neymar em 2020

Neymar fazer festa de aniversário não chega a ser uma grande novidade, mas o craque do PSG causou uma polêmica e tanto em fevereiro deste ano ao comemorar mais uma primavera. O jogador já vinha reclamando semanas antes de seu técnico que não lhe dava uma sequência de jogos suficientes depois da contusão, mas tudo piorou quando ele decidiu comemorar mais um ano de vida.

O jogador organizou um grande evento, com direito a amigos brasileiros e colegas de time e a comemoração aconteceu em Paris. Acontece que, além de não convidar o próprio treinador do time, o jogador brasileiro ainda fez com que seus colegas comemorassem a noite toda e se apresentassem com menos vigor no jogo seguinte, o que acabou gerando reclamação por parte do chefe.

Neymar briga com namorado da mãe

Racismo, Bruna Marquezine e homofobia: As polêmicas de Neymar em 2020

Quando a mãe de Neymar decidiu apresentar publicamente seu novo namorado, Tiago Ramos, muito se especulou sobre o assunto e logo a imprensa conseguiu descobrir uma série de fofocas no passado do jovem. A pressão foi tamanha, inclusive com a revelação de que o modelo era bissexual, que o casal passou a ter brigas, também ganhando manchetes e cobertura especial, o que irritou o menino Ney.

O atleta não conseguiu controlar seu nervosismo e ele deixou claro que não apoiava a relação da mãe com Ramos e passou a fazer de tudo para tentar afastá-la do jovem, que acabou demonstrando ter problemas psicológicos.

Neymar acusado de homofobia

Racismo, Bruna Marquezine e homofobia: As polêmicas de Neymar em 2020

A relação de Neymar com o namorado da mãe sempre foi muito intensa, tanto que graças a esse namoro o atleta teve de responder a uma acusação de homofobia, inclusive com direito até a risco de prisão à época. Um ativista da causa LGBT entrou na justiça para que o jogador da seleção brasileira respondesse por suas declarações e fosse punido por crime de homofobia.

Tudo porque vazou para a imprensa conversas de Ney com os parças em um aplicativo de comunicação, tanto por teto quanto por áudio, em que ele faz uma série de ofensas contra o namorado da mãe, inclusive com declarações homofóbicas e o que poderia ser interpretado como um suposto plano de homicídio, conforme explicou o advogado com exclusividade ao NaTelinha.

Neymar x Bruna Marquezine no BBB

Racismo, Bruna Marquezine e homofobia: As polêmicas de Neymar em 2020

Neymar e Bruna Marquezine se mantiveram distantes em 2020 e parece não haver mais retorno para a relação que chegou a ser uma das mais badaladas do mundo das celebridades no Brasil. Mas em 2020 os dois se reencontraram, ainda que de forma virtual e em posições antagônicas durante o BBB20, o que reacendeu o coração da torcida do ex-casal.

Durante a exibição do reality-show, a atriz fez uma série de mutirões para garantir a permanência de sua amiga Manu Gavacci. Acontece que Neymar e outros jogadores de futebol ficaram ao lado do principal concorrente dela, Felipe Prior. Enquanto os dois brigavam lá dentro, Marquezine pedia para seus fãs ajudarem a amiga, enquanto Ney tentava dar a vitória ao brother. O resultado? A maior votação da história de um reality show e a eliminação de Prior.

Neymar racismo

Racismo, Bruna Marquezine e homofobia: As polêmicas de Neymar em 2020

Nos campos Neymar também teve um ano bastante movimentado, seja pelos gols e exibições de gala quanto pelas polêmicas. No mês de setembro, durante partida do PSG contra o Olympique de Marselha, o atleta brasileiro ficou fora de controle ao acusar o jogador do time adversário, Álvaro González e a briga foi tanta que quase terminou em agressão.

A federação da França prometeu apurar com rigor as acusações do craque brasileiro, mas especialistas em leitura labial garantiram que não houve indícios de injúria racial contra Neymar. O caso acabou não tendo grandes desdobramentos e o assunto ficou esquecido em meio a tantas polêmicas do atacante.

Neymar Fifa

Racismo, Bruna Marquezine e homofobia: As polêmicas de Neymar em 2020

Mesmo num ano atípico, a Fifa optou por manter a realização do The Best, o troféu que premia o melhor jogador do planeta no ano. E havia muita expectativa dos fãs de Neymar para que o jogador figurasse entre os três finalistas, o que acabou não acontecendo. A federação de futebol escolheu o alemão Lewandowsky (que acabou vencendo), o argentino Messi e o português Cristiano Ronaldo.

No dia do anúncio dos finalista, Neymar, que ficou na nona colocação do ranking, não perdeu a oportunidade de debochar do resultado. "Já que no tênis não deu certo, partiu basquete", escreveu ele utilizando um emoji com as bolas de cada esporte para descrever ao invés das palavras.

Neymar festa

Racismo, Bruna Marquezine e homofobia: As polêmicas de Neymar em 2020

A mais recente e última polêmica de Neymar em 2020 é a famigerada festa de fim de ano, que vem gerando muitas críticas ao atleta por conta da quantidade de convidados em plena pandemia. O evento, que não tem confirmação de ser do atleta, supostamente reuniria 500 pessoas em várias noites e se transformou no grande assunto do final do ano.

A assessoria do atleta negou a realização de uma festa nesses moldes ao mesmo tempo em que a empresa organizadora confirmou o evento, garantiu que seria para 150 pessoas e não quis dizer quem é o contratante.



Mais Notícias
Outros Famosos