Reportar erro
Moderno

Ator da Praça revela que está em um relacionamento a três

Charles Daves falou sobre sua vida pessoal

Charles Daves em A Praça É Nossa
Charles Daves em A Praça É Nossa - Foto: Montagem/Reprodução
Redação NT

Publicado em 19/11/2020 às 16:11:00

O humorista Charles Daves, conhecido nacionalmente pela personagem Creidi de A Praça É Nossa, revelou em entrevista ao canal de Bruno de Simone, no YouTube, que está vivendo um relacionamento a três, com um homem e uma mulher casados há dois anos.

O ator, que atualmente também tem investido na carreira de diretor, explicou a "experiência": "Hoje, eu estou namorando quem já é casado. Estou vivendo uma experiência, estou namorando um casal, um homem e uma mulher. Eles casaram há dois anos e eu estou namorando com eles".

Charles contou que a relação começou durante a pandemia. "Ela inclusive trabalha na área médica, porque a primeira coisa que as pessoas perguntam é: 'Nossa, conheceu agora? Que loucura'. Mas não tem nada de loucura, está todo mundo cuidadinho e tudo certo", afirmou.

Ator de A Praça é Nossa fala sobre relacionamentos

Ainda sobre o tema, o famoso garantiu que prefere não julgar as pessoas, sendo escolhas que fazem bem. "Por isso que eu digo, eu não julgo ninguém por nada, porque eu não sei o dia de amanhã. A única coisa que eu sei, que eu nunca fiz e não quero, é cheirar, nunca fumei, porque isso eu acho que não vai me fazer bem. O resto, tá tudo certo", defendeu.

Em outro momento, Charles ainda revelou que essa não é a primeira vez que se envolveu num relacionamento fora do padrão, e que aconteceu até com pessoas do meio artístico. "Já namorei pessoas, pessoas do meio artístico. Eu vivo no meio artístico desde os 15 anos, nunca fiz outra coisa, então naturalmente você acaba conhecendo pessoas desse meio. Já namorei com um ator, tive momentos com uma atriz que era casada... Já vivi loucuras", disse, sem revelar os nomes.

Apesar de boas experiências, o ator de 42 anos também relatou que já sofreu alguns assédios nos bastidores da TV. Quando o assunto foi o "teste do sofá", ele relembrou um momento desagradável com um diretor, que já faleceu. "Assédio moral e sexual sempre existiu, não só com mulher. Sempre teve e sempre vai ter. Aí vai de você, do seu caráter, do que você acredita. Não acho que quem buscou esse caminho esteja errado, se a pessoa consegue dormir em paz com isso, está tudo certo. Eu prefiro o caminho mais árduo. Não sou santo, longe de ser, mas acho muita incompetência ter que usar disso, do trabalho, para obter benefício, e eu não queria ser asqueroso, como algumas pessoas são", afirmou.

Vale lembrar que muitos nomes conhecidos no meio artístico, especialmente mulheres, já confessaram também ter sofrido com assédios, como é o caso de Dig Dutra, que fez parte do elenco de Malhação.

Mais Notícias
Outros Famosos