Dívida

Prefeitura de São Paulo pede penhora de bens de Roberto Carlos

Cantor deve cerca de R$ 45 mil de IPTU

Prefeitura de São Paulo pede penhora de bens de Roberto Carlos
Roberto Carlos - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 09/11/2020 às 15:39:03

A prefeitura de São Paulo pediu a penhora dos bens de Roberto Carlos por conta de uma dívida de IPTU, que já está em quase R$ 45 mil, referendo a um imóvel localizado no bairro do Cambuci.

Segundo informações do UOL, no espaço funciona um restaurante do cantor Ed. Carlos, conhecido como o "Reizinho da Jovem Guarda", apelido que ganhou aos 13 anos.

Em 2005,  Ed sofreu um AVC, e na mesma época, a dona do local acabou pedindo o prédio de volta. Ao saber do ocorrido, o Rei comprou o edifício, que conta com três andares..

continua depois da publicidade

Em entrevista antiga, também para o portal, Ed Carlos chegou a contar que depois que o amigo adquiriu o ponto, nunca cobrou aluguel, e nem mesmo o IPTU, como uma forma de ajudá-lo.

Dívida de Roberto Carlos

No passado, a prefeitura entrou na Justiça para cobrar a dívida de Roberto Carlos, que é referente a dez prestações  não pagas do imposto em 2018.

Em março, o famoso fez um acordo e parcelou a dívida, e os seus advogados mostraram o comprovante do pagamento da primeira parcela. Depois disso, de acordo com a prefeitura, o restante não foi quitado. Algo que a Justiça ainda não analisou.

Procurada, a assessoria do cantor afirma que esse valor cobrado é referente ao inquilino, e que o pagamento será feito, e por conta disso, os bens não irão passar por penhora.

continua depois da publicidade

Vale lembrar que recentemente Roberto Carlos participou de uma edição especial do Globo Repórter em homenagem aos 70 anos da TV, relembrando grandes momentos.




Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!