Polêmica

Mara e Mariane rompem com gravadora após queixa de fãs; empresário nega golpe

Artistas desistem de relançar discografia infantil; público ameaça denunciar empresa

Mara e Mariane rompem com gravadora após queixa de fãs; empresário nega golpe
Mara Maravilha e Mariane no SBT, no início dos anos 90 - Foto: Carlos Manfredo/SBT

Paulo Pacheco

Publicado em 18/10/2020 às 22:20:02 ,
atualizado em 18/10/2020 às 23:05:46

A semana da Criança pareceu um filme de terror para os eternos fãs de Mara Maravilha e Mariane, estrelas do público mirim na transição dos anos 80 para os 90. As apresentadoras cancelaram o relançamento de seus discos infantis por problemas com a gravadora Sppin Music após queixas do público que acusou a empresa de golpe. "Sou vítima tanto quanto o meu público", desabafou Mara Maravilha ao NaTelinha. O empresário nega qualquer crime.

Na última quarta-feira, Mariane anunciou em sua rede social a rescisão do contrato para o relançamento do disco Ciranda (1990). Produzido no auge da apresentadora no SBT , quando estava à frente do programa batizado com seu nome (1990-1991), o álbum recebeu disco de ouro por ter ultrapassado 100 mil cópias vendidas.

"Infelizmente, este ano, esqueçam Ciranda. Deixem para o ano que vem, e de repente eu mesma faça o trabalho de lançar em CD e já envio autografado para vocês, com dedicatória, aí tem mais credibilidade", disse Mariane, visivelmente descontente com o fracasso do projeto. A artista não atendeu as ligações da reportagem.

(Continua após o post do Instagram)

Em conversa com o site, Mara se diz tão vítima quando seu público na situação. Em seguida, a assessoria enviou ao NaTelinha uma nota em que se coloca ao lado dos fãs e informando o cancelamento do contrato com a Sppin Music. Os admiradores se revoltaram com atrasos e acusaram a empresa de aplicar golpe ao não entregar os boxes com a discografia infantil completa da apresentadora.

"Infelizmente e, com pesar, muitos problemas foram relatados, entre tantos o descumprimento do prazo de entrega do material e falta de comunicação entre empresa e compradores, além de repasse de informações não comprovadas para a artista", afirmou o estafe da cantora, elevando o tom contra a gravadora.

"O departamento jurídico da artista foi acionado, entabulando o distrato comercial e proibindo a veiculação de qualquer material/produto/serviço com o nome da artista pela empresa citada e obrigando-a cumprir o seu compromisso com os compradores. A equipe e a artista Mara Maravilha solidarizam-se com os compradores/fãs que de fato foram lesados, e enfatizamos que ela também foi uma grande vítima", prossegue a nota.

Box com discografia de Mara Maravilha e o álbum Ciranda, de Mariane, seriam lançados pela Sppin Music - Foto: Montagem/Divulgação

Empresário nega golpe em Mara Maravilha e Mariane

O NaTelinha entrou em contato com o empresário Daniel Moreira da Silva, dono da Sppin Music. Ele nega ter enganado os clientes e as artistas e admitiu problemas na produção dos CDs —um atraso da gráfica impediu a distribuição imediata dos produtos.

Para tranquilizar os fãs de Mara, Daniel avisa que a partir desta semana receberá todos os discos prontos para programar a distribuição. "Houve produtos que já foram entregues. Como vou dar golpe? Se eu já fiz alguns discos, por que não faria o restante?", se defende. Em nota, a Sppin promete ressarcir os clientes que desejarem receber o dinheiro de volta e destacou a admiração pela história de Mara Maravilha.

"De fato, ocorreram diversos atrasos relacionados à entrega dos materiais disponibilizados na loja Sppin Store. Reforçamos o nosso compromisso com os clientes que adquiriram seu material em nosso ambiente virtual, que receberão aquilo que foi comprado, e os que não desejam mais aguardar a entrega poderão solicitar seu reembolso, que será feito integralmente a todos os compradores. Gostaríamos também de deixar registrado a nossa total admiração pela história e pela artista incrível que é Mara Maravilha, que sempre nos recebeu de braços abertos e nos tratou como se fôssemos da família", diz a gravadora.




Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!