Reportar erro
Sincera

Paula Toller abre o jogo sobre o fim do Kid Abelha e relembra perda da virgindade

Cantora ainda contou que recebeu muitas críticas ao longo da carreira

Paula Toller com microfone na mão no Altas Horas
Paula Toller falou um pouco da sua vida - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 05/10/2020 às 13:01:00

Paula Toller revelou em uma live com o pesquisador musical Rodrigo Faour que foi uma das primeiras meninas a perder a virgindade no seu núcleo de amizade na adolescência, mas admitiu que não andava com um grupo “moderninho”. A cantora também abriu o jogo sobre o fim do Kid Abelha e relembrou que já foi muito criticada pelos seus posicionamentos.

“Não andava com o pessoal mais moderninho, não. Da minha roda de amizade, da escola ou da rua, fui uma das últimas a namorar. Comecei a namorar com 15, mas fui uma das primeiras a transar. Já tive logo um primeiro namorado que durou quatro anos”, afirmou a artista.

Sobre sua carreira, Paula explicou que recebeu muitas críticas e que se acostumou a ser “cancelada”. Ela disse que aprendeu muito com as opiniões adversas e que cometeu acertos e equívocos ao longo da vida, porque era ambiciosa como compositora e cantora.

“Apanhei muito. Hoje em dia fala-se muito de cancelamento, mas eu sou cancelada pela crítica há décadas. Estou acostumada. Era um massacre, um bullying. Atualmente teria mil nomes para isso. É claro que eu também estava aprendendo. Fazia um monte de coisa que deu certo e um monte de coisa que não deu. Mas eu tinha, sim, a ambição de ser uma compositora, uma cantora, uma artista”, refletiu.

Paula Toller e o fim do Kid Abelha

Paula Toller, George Israel e Bruno Fortunato surpreenderam seus fãs e anunciaram o fim do Kid Abelha em 2016, levantando diversas especulações sobre brigas entre os integrantes da banda. Quatro anos depois do término do grupo, a cantora comenta a separação com naturalidade.

“Tenho o maior respeito, e o Kid Abelha para mim não é nenhum tabu. É uma coisa que só foi boa. Acabou porque tinha que acabar porque não seria mais boa. Tem uma hora que os personagens não cabem mais em você. Sinceramente tive muita sorte de fazer sucesso muito cedo, de fazer um grande sucesso muito cedo. Estou falando de coração. Só tenho boas lembranças. Tudo de bom que tenho na vida foi a música que me deu. Até o Lui (Farias, marido)”, completou.

Mais Notícias
Outros Famosos