Processo

Acusado de estupro, Felipe Prior tem julgamento marcado pela Justiça

Ex-BBB terá que comparecer ao tribunal em maio de 2021

Acusado de estupro, Felipe Prior tem julgamento marcado pela Justiça
Felipe Prior responde processo - Foto: Reprodução/Globo

Publicado em 01/10/2020 às 14:14:12 ,
atualizado em 01/10/2020 às 14:23:39

Por: Redação NT

O Tribunal de Justiça de São Paulo aceitou a acusação de estupro contra o ex-BBB Felipe Prior e marcou a audiência de instrução e julgamento para o dia 10 de maio do ano que vem. O antigo brother do reality show da Globo foi denunciado no começo de abril por supostos abusos sexuais que teria cometido entre 2014 e 2018. Ele nega as acusações.

“Verifico que as provas que instruem a denúncia demonstram a materialidade do crime e suficientes indícios a atribuir autoria. Não é caso de rejeição liminar, portanto, recebo a denúncia”, disse o juiz Luiz Guilherme Angeli Feichtenberger para a jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Em reportagem da revista Marie Claire publicada no dia 3 de abril, vieram a público algumas acusações de que Felipe Prior teria cometido três crimes sexuais. Uma das vítimas detalhou que tudo teria acontecido quando aceitou uma carona do ex-brother, onde em um momento a sós, ele cometeu o ato.

A segunda o acusou do mesmo durante jogos universitários, onde ele teria aproveitado do estado dela de embriaguez para forçar um ato sexual e sem preservativo. E a terceira, também na Interfau, inicialmente teriam transado de maneira consentida e depois ele teria passado a agir de forma agressiva e não parado quando ela assim pediu.

Todos os envolvidos foram ouvidos e, no mês de agosto, a 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Paulo concluiu o inquérito do caso e pediu seu arquivamento. "O trabalho criterioso e responsável da delegada Maria Valéria Pereira Novaes e sua equipe permitiu que o acusado apresentasse as provas necessárias e imprescindíveis durante o inquérito policial", afirmou Carolina Pugliese, advogada de Prior.

Contudo, o Ministério Público não acatou o pedido e optou por apresentar a denúncia poucos dias depois. O documento foi encaminhado para a 7ª Vara Criminal da Barra Funda e tramitou em segredo de Justiça.

Felipe Prior nega as acusações

Desde que surgiu as informações sobre os supostos estupros, Felipe Prior negou as acusações e disse que iria provar sua inocência. “O que me deixa mais chateado é saber que depois que eu entrei na casa [Big Brother Brasil] as pessoas apresentaram uma denúncia pesada contra mim. Os meus advogados estão tomando todas as providências", relatou na ocasião.

Apesar de estar enfrentando as acusações, Prior tem participado de entrevistas e eventos com ex-colegas de confinamento. O antigo brother continua trabalhando como arquiteto e cuidando dos seus negócios, como uma pizzaria famosa em São Paulo.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!