Reportar erro
VMA 2009

Kanye West afirma que Deus queria que ele interrompesse discurso de Taylor Swift em 2009

Para ele, aliás, é Deus quem "elege" os presidentes

Kanye West e Taylor Swift
Kanye West e Taylor Swift em 2009 no VMA
Redação NT

Publicado em 02/09/2020 às 09:16:18

Kanye West afirmou que Deus foi quem queria que ele interrompesse o discurso de Taylor Swift em 2009 no VMA. Na época, a cantora tinha apenas 19 anos, mas ele resolveu voltar a falar sobre o ocorrido numa entrevista para o canal de Nick Cannon.

Na ocasião, ele interrompeu um discurso de Taylor Swift, que venceu Beyoncé na categoria Melhor Clipe Feminino no VMA 2009. E acredita ter sido vontade de Deus: "Se Deus não quisesse que eu corresse para o palco e dissesse que Beyoncé tinha o melhor vídeo, ele [Deus] não me teria colocado na primeira fila. Eu teria sentado nos fundos".

"Não teria sido a primeira premiação [que estivesse nos fundos]. E isso teria sido ridículo, essa ideia, porque nunca tinha ouvido falar dessa pessoa antes, relembrou.

Um chamado para Kanye West

Recentemente, ele também afirmou que sua candidatura à presidência dos Estados Unidos, também foi um pedido de Deus. A afirmação foi feita à revista Forbes.

Na opinião do rapper, é Deus quem "elege" o presidente, e desta vez, isso pode acontecer com ele em 2020 ou nas próximas eleições em 2024.

Nesta semana, negou que esteja sendo pago para criar uma espécie de distração política e favorecer seu possível adversário, Donald Trump.

Existem boatos nos Estados Unidos de que o músico esteja sendo pago pelo Partido Republicano, de Trump, para prejudicar o democrata Joe Biden, que está à frente nas intenções de votos.

Aos risos, West afirmou: "Ninguém está pagando para mim... Eu já sou mais rico que o Trump!".

Mais Notícias
Outros Famosos