Pistolou

Anitta sobre motorista que usou seu nome para justificar assédio: "nada justifica"

Funkeira ficou incomodada com a situação e escreveu sobre o tema em suas redes sociais

 Anitta sobre motorista que usou seu nome para justificar assédio: "nada justifica"
Anitta comentou frase de suposto assediador que citou seu nome ao justificar caso - Foto: Divulgação

Redação NT

Publicado em 18/02 às 20:15:05

Anitta não gostou nada de ver um motorista de aplicativo, acusado de assediar uma menor de idade, se justificar para a imprensa a respeito do caso utilizando o nome da funkeira ao dizer o tipo de roupa que a jovem estava usando durante o trajeto. A cantora fez questão de postar em suas redes sociais, o vídeo com a entrevista do homem e criticar a postura do suposto assediador.

continua depois da publicidade

"Acabei de receber este vídeo onde o motorista de uber que assediou uma passageira menor de idade tenta justificar o injustificável (seu assédio) dizendo que a menina estava usando um short "tipo Anitta" e sentada numa posição favorável ao assédio", escreveu a funkeira em seu perfil no Twitter na tarde desta terça-feira (18). 

Na postagem, Anitta divulgou o vídeo com a entrevista do motorista para que seus fãs pudessem ver a afirmação do homem, que realmente a utilizou como exemplo para justificar o suposto caso de assédio. "Vocês tiveram acesso ao vídeo que ela postou me denegrindo, ela está sorrindo bem espalhada no canto, em posições que eu até nem gostaria de citar aqui, porque eu não posso provar, afinal de contas ela não se auto filmou no vídeo. Mas ela estava com um shortinho tipo Anitta, com uma miniblusa, com as pernas abertas no banco e chamando a atenção", disse ele.

continua depois da publicidade

A funkeira comentou o caso, logo depois de divulgar a situação. "Nada justifica um assédio. A forma de se vestir, sentar, falar,  não significa qualquer autorização ou pedido ou convite a ser assediada e/ou invadida, abusada, estuprada etc", escreveu ela.

Anitta defende jovem

E a cantora fez questão de elogiar a postura da menor de idade e de defendê-la pelas roupas utilizadas. "Quanto à menina estar usando um short "tipo Anitta", pra mim significa que ela é independente, não tem medo de ser quem ela quer e, acima de tudo, bem inteligente pra denunciar e expor um assediador para que outras meninas não passem pelo mesmo que ela", cravou.

continua depois da publicidade

O homem deu entrevista ao se apresentar para depôr na delegacia, depois de ser acusado formalmente pela garota e poderá responder por diversos crimes, inclusive importunação sexual.

TAGS: