Acerto de contas

Johnny Depp e ex-mulher Amber Heard têm encontro marcado no tribunal

Julgamento do processo de Johnny Depp contra a ex-mulher já foi marcado

Johnny Depp e ex-mulher Amber Heard têm encontro marcado no tribunal
Casal vai se enfrentar no tribunal - Reprodução

Publicado em 28/06/2019 às 17:55:21

Por: Redação NT

Finalmente, o processo que Johnny Depp move contra Amber Heard já tem uma data para ser julgado. De acordo com o The Blast, o início da audiência foi marcado para o dia 03 de fevereiro de 2020 por um juiz da Virgínia, Estados Unidos.

Segundo informações do tabloide, ao todo o julgamento deve levar cerca de 12 dias. O ator da franquia “Animais Fantásticos” acusa a ex-mulher de difamação por causa de um artigo publicado no Washington Post ano passado sobre violência doméstica e pede US$ 50 milhões de indenização.  

Em 2016, a atriz de “Aquaman” o acusou de agressão. Na época, ela apresentou fotos em que aparecia com hematomas supostamente provocados pelo arremesso de um telefone celular, mas se negou a fazer exame de corpo de delito e não compareceu por duas vezes na audiência. Já Depp sempre negou o fato.

No acordo de separação do casal ficou combinado que ambas as partes não tocariam mais no assunto publicamente, uma vez que nada ficou provado. No entanto, Heard descumpriu o trato participando de campanhas que falavam sobre violência doméstica como suposta vítima, além de escrever o tal artigo. 

Uma vez difamado, o astro perdeu contratos profissionais. Incluindo com a Disney, onde esteve por anos como estrela da franquia “Piratas do Caribe”. Cansado de ver sua imagem ofuscada, Johnny Depp decidiu reagir. 

Desde então, sua equipe jurídica vem recolhendo provas de que sua ex-mulher mentiu. O material extenso conta com mais de 300 páginas documentadas, depoimentos de policiais e seguranças, além de funcionários do edifício onde fica a cobertura em que o casal morou.

Faz parte ainda do dossiê fotos, imagens de câmeras de segurança e até o depoimento da ex-estilista de Amber Heard afirmando que atendeu a atriz na época da denúncia e não viu nenhum hematoma no corpo da sua cliente. 


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!