TV do Ratinho aposta na versão regional do "Primeiro Impacto" para mexer com a audiência

Divulgação

Publicado em 27/04/2018 às 18:22:34 ,
atualizado em 27/04/2018 às 20:03:16

Por: Sandro Nascimento

Na próxima segunda-feira (30), a Rede Massa, emissora afiliada SBT no Paraná, estreia a primeira experiência do canal de Silvio Santos no intuito de tornar o modelo do jornalístico "Primeiro Impacto", produzido em São Paulo, uma franquia com características regionais para todas as suas afiliadas.

Em conversa com o NaTelinha, o jornalista Eduardo Scola, que dividirá a apresentação do jornal com Ana Fhernandes, comentou sobre a nova aposta da TV do Ratinho.

"Eu acho que é uma tendência você se aproximar, traduzir, contextualizar a notícia pra quem está em casa. Cada um faz de uma maneira. Eu vim de uma escola de apresentadores de uma afiliada da Globo no Paraná (RPC), que era completamente quadradinho. Mas nos meus últimos meses lá, a gente estava buscando uma naturalidade, mas era meio mecânica, meio ensaiada. Na Rede Massa a gente conseguiu encontrar um meio termo que a gente buscou a vida toda", comenta Scola.


"Primeiro Impacto" ganha versão local no Paraná

Com 31 anos, o jornalista apresentava há dois anos e dois meses o "SBT Paraná" na Rede Massa, e acredita ser um privilégio participar de um projeto que lhe dará a possibilidade de interagir com o telespectador através das redes sociais. "Isso torna nossa naturalidade ainda maior. Queremos informar e entreter, até porque, eu acho que o jornalismo não deixa de ser um entretenimento pra muita gente. Vou falar a mesma língua que o telespectador quer ouvir ", completa.

O " Primeiro Impacto Paraná" será exibido às 7 da manhã, entre a exibição da versão rede, apresentado por Dudu Camargo e Marcão do Povo. A equipe da redação da Rede Massa vai produzir matérias com duração máxima de 70 segundos com diversos links ao vivo.

"Quando nosso diretor falou comigo sobre o projeto eu me animei na hora. Justamente porque eu fazia um jornal tradicional, posso dizer assim, e no "Primeiro Impacto" eu vou ter oportunidade de tentar ser um Eduardo um pouco mais solto", conta Eduardo Scola, que há duas semanas vem gravados pilotos diários a pedido da emissora.

"Justamente para eu poder me adaptar. Minha rotina já mudou. A TV teve essa preocupação para fazer essa transição um pouco mais de tempo. Antes eu iria dormir meia-noite e hoje vou para cama as nove e meia. Estou levantando às 4 e meia da manhã para chegar às 5 e meia na televisão. A minha maior expectativa é em relação a nova rotina. Tô ansioso pra começar.
No início da carreira, o jovem jornalista revela que sofreu preconceito quando tentava ancorar um jornalístico na televisão, mas que agora a realidade mudou. Algumas pessoas diziam que jamais um guri iria conseguir apresentar um jornal. Falavam que não passava credibilidade. Mas eu acho que credibilidade não tem a ver com idade, anos de estrada, tem a ver com comportamento e postura", explica.

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade