Reportar erro
Colunas

"Tudo o que eu sou e o que eu tenho, devo ao SBT", diz Mara Maravilha

SBT completa 35 anos nesta sexta-feira (19)

silviosantosmara.jpg
Foto: Reprodução
Sandro Nascimento

Publicado em 19/08/2016 às 15:21:18

"Tudo o que eu sou e tudo que tenho eu agradeço a Deus e ao SBT". Assim Mara Maravilha define a importância da sua passagem na emissora que completa 35 anos nesta sexta-feira (19).

Em conversa com este colunista do NaTelinha, Mara relembra algumas histórias do tempo em que era considerada a rainha dos baixinhos da emissora. A morena conta que sempre recebia conselhos de Silvio Santos e que ele lhe proporcionou seu primeiro apartamento e carro. "O Silvio sempre me tratou como uma filha", diz.

No inicio, o homem do Baú ofereceu uma contrato de seis meses para Mara Maravilha, mas a baiana achava que era muito tempo para a experiência. "Seis meses era muito, eu respondi que podíamos fazer somente de três meses. Disse para o Silvio que não precisava me pagar nada. Ele respondeu que lógico que precisava me pagar, afinal, eu precisava morar e comer. Até hoje, eu não faço as coisas pensado primeiro no dinheiro", explica a apresentadora.

A morena conta que sempre teve uma boa relação com o patrão. "Silvio sempre me tratou como uma filha. Ele me deu meu primeiro carro, meu primeiro apartamento, providenciou um bom plano de saúde, quando minha mãe começou a ficar doente, e sempre me dava conselhos: 'Você vai fazer sucesso, eu não quero nunca ver você envolvida com coisa errada', dizia", relembra Mara Maravilha.

Em outra história, ela conta um fato curioso com o dono do SBT: "Uma vez o Silvio me disse que eu gesticulava muito com as mãos, eu respondi que ia mudar, e ele: 'Não é para mudar, é pra continuar assim'".

O "Show Maravilha" foi criado em 1987 e ficou sete anos no ar. "De tempos em tempos, as filhas do Silvio iam assistir as gravações, mas não podiam aparecer, existia esse cuidado e era um pedido da época. O Tiago Abravanel, quando tinha  5 anos, foi comemorar o aniversário dele no meu programa. A Patrícia (Abravanel), numa visita, eu pedi para deixarem ela cantar e apresentar. Percebi que ela queria. Eu quando olho para ela eu vejo a cara do Silvio Santos", conta Mara, que teve três indicações como melhor programa infantil e uma vez como melhor apresentadora no Troféu Imprensa.

No início, seu programa era gravado nos estúdios do SBT na Vila Guilherme, local que sofria muito com enchentes. "Eu já cheguei uma vez com os corredores cheios de água, eu dizia que ao invés de chegar de trenzinho ia chegar de barco no programa", brinca.

A morena, que iniciou sua carreira aos oito anos de idade, diz que sempre se recorda com muita saudades do tempo que trabalhou no SBT. "O mesmo amor e gratidão que tenho pelo Silvio, eu tenho por toda família. Tudo que eu sou e tudo que tenho eu agradeço a Deus e ao SBT", finaliza Mara Maravilha.
 

Mais Notícias