Reportar erro
Colunas

Sem João Kléber, RedeTV! afunda no Ibope em final de tarde

"Enfoque NT" analisa tentativas da RedeTV! em substituir João Kléber

joaoklebershow-estreia-05062016 (2).jpg
João Kléber agora comanda o seu programa dominical - Divulgação/RedeTV!
Thiago Forato

Publicado em 12/08/2016 às 15:31:46

Entre 1999 e 2005, João Kléber era considerado um dos reis da baixaria na televisão brasileira. Com suas pegadinhas e testes de fidelidade, sempre eram cercadas das suspeitas de armação, sua audiência era garantida.
 
João dava índices satisfatórios diariamente à tarde e nas segundas-feiras à noite, não raramente, batia a Globo e o "Programa do Jô" pela RedeTV!.
 
Por parte da crítica e do público, muitos questionavam a figura do apresentador na TV e o associavam diretamente à um produto de baixa qualidade e da audiência fácil, a apelação com o ser humano, colocando pessoas em situações degradantes e constrangedoras.
 
Por muito tempo fora do país, João voltou à RedeTV! em 2013 com o "Você na TV" e o "Teste de Fidelidade".
 
 
O objetivo era o mesmo: dar audiência a qualquer custo. Para os padrões da RedeTV!, alcançou o que queria.
 
A audiência da emissora é extremamente baixa, e se você internauta verificar a grade de programação com seus respectivos números, vai constatar que praticamente nenhum programa consegue passar dos 2 pontos, com exceção do "A Tarde é Sua", de Sônia Abrão. Uma ilha dentro do canal. 
 
João Kléber, bem ou mal, conseguia, de alguma forma, se sobressair e ficar ali no final de tarde com o seu "Você na TV", entre 1 e 2 pontos de audiência. 
 
 
Se dedicando ao seu novo dominical, exibido nos finais de noite, o "Você na TV" foi extinto e no seu lugar estreou um novo noticiário em maio, o "Olha a Hora", com Luciano Faccioli.
 
Começou às 17h, mas logo perdeu uma hora vendida para a Igreja Universal.
 
Os números foram caindo de maneira gradativa até beirar o traço no Ibope. O jornalístico não empolgou e acabou saindo do ar na terça-feira passada (2), com irrisório 0,4 ponto de audiência. No arredondado, zero, traço.
 
 
Na última segunda-feira (8), a RedeTV! estreou o "Sem Rodeios", e os números são semelhantes com o de Faccioli. Na quarta (10), por exemplo, deu 0,5 de média, ficando em nono lugar no ranking do Ibope na Grande SP, atrás das católicas TV Aparecida e Rede Vida. Até mesmo o religioso exibido pela emissora entre 17h e 18h deu mais audiência: 0,6 ponto.
 
O cenário do "Sem Rodeios", é bem verdade, assusta pelo amadorismo. Um péssimo cartão de visitas, apesar do entrosamento dos apresentadores Ana Paula Couto, Mauro Tagliaferri e João Paulo Vergueiro
 
O público, ao que parece, prefere o tosco e as "revelações bombásticas" que João Kléber tinha a oferecer.
 
A RedeTV! ainda não acertou seu produto no final de tarde, e se distancia mais de conseguir formar uma grade de programação competitiva e de qualidade. Até porque, isso os programas de João Kléber realmente não tinham. 
 
Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 11 anos e assina a coluna Enfoque NT há cinco, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br  |  Twitter: @tforatto
Mais Notícias