Reportar erro
Colunas

Sem se levar à sério, "Você na TV" só será entendido daqui alguns anos

Antenado

vocenatv-joaokleber.jpg
Divulgação/RedeTV!
Redação NT

Publicado em 06/05/2016 às 17:50:44

Sim, estou mais lamentando do que comemorando o fim do "Você na TV", que deixa a grade da RedeTV! nesta sexta-feira (6).

O programa era visivelmente irreal e não tinha qualquer segredo que realmente fosse verídico. Porém, não era com o olhar de popularesco que via a atração. E sim com o olhar trash, nonsense, como um besteirol que faz rir com muita competência, como o próprio João Kléber já definiu o programa, numa entrevista alguns anos atrás. E por este olho, de zoeira e tudo para o absurdo - e consequentemente, provocar risos em quem assiste - o "Você na TV" era muito competente.

Na internet, os "segredos" escabrosos e bizarros faziam a alegria de um público que, de fato, identificou o "Você na TV" como um besteirol trash da melhor qualidade. "Mulher diz que seu namorado invisível sumiu", "Mulher diz que se prostituía para comer X-Burger" ou "Tia revela que quer se casar com João Kléber" serão segredos que ficarão para a eternidade da internet e da televisão brasileira.

São toscos? São. Mas admita: quando você viu pela primeira vez estes vídeos, ou estes momentos, você não riu forte? Certamente sim, porque essa era a proposta do programa: fazer rir com as situações absurdas. E foi assim que a audiência subiu - em vários dias de sua trajetória, chegava a ser a maior audiência diária da RedeTV!, com picos de até 4 pontos de Ibope na Grande São Paulo - e a popularidade veio, sendo uma opção ruim e ao mesmo tempo excelente nos fins de tarde.

O "Você na TV" não vai fazer falta pelas notórias armações de casos. Mas vai fazer muita falta pelas risadas e situações absurdas. Ele não foi feito para ser levado à sério. Talvez só entenderemos seu jeito trash daqui alguns anos, quando iremos notar que João Kléber queria mesmo era avacalhar por um riso.

As cinco revelações mais bombásticas do "Você na TV":

[video]

Gabriel Vaquer escreve sobre mídia e televisão há vários anos. No NaTelinha, é responsável por reportagens variadas e especiais. Na coluna "Antenado", fala sobre TV aberta quando a necessidade pedir. Já no "Eu Paguei Pra Ver", às segundas, conta histórias curiosas sobre a TV por assinatura no Brasil. Converse com ele. E-mail: gabriel@natelinha.com.br / Twitter: @bielvaquer

Mais Notícias