Reportar erro
Colunas

Televisão: onde o real e o imaginário se chocam

ClickTV

11d844b238d0507c9d6d5f11c30f455b.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 15/02/2015 às 12:09:30

A última semana foi bastante movimentada para quem acompanha o dia a dia dos atores que interpretaram personagens do seriado "Chaves".

Após Carlos Villagrán (Quico) disparar contra Florinda Meza (Dona Florinda), viúva de Roberto Gomes Bolaños (Chaves) uma série de acusações e duras palavras, foi a vez de Maria Antonieta de las Nieves (Chiquinha) fazer o mesmo.

À TV colombiana, “la Chilindrina” rasgou o verbo contra a ex-colega de programa, destacando detalhes de sua vida e casos de infidelidade de Villagrán e Bolaños, que flertaram com Florinda enquanto ainda estavam em outros relacionamentos.

Não bastassem duas das maiores estrelas da série disparando contra a atriz, eis que surge uma biografia de Ruben Aguirre (Professor Girafales), par romântico de Dona Florinda na série e que, reforçando o coro de seus pares, também a acusa de diversas maneiras.

Florinda não responde, o México se divide, mas uma coisa fica clara: A TV é realmente uma fábrica de sonhos.

Não são raros os casos de artistas muito bem entrosados e “amigos” diante das câmeras virarem-se as costas tão logo as luzes do estúdio sejam reduzidas.

Não é raro o apresentador super descolado e gente boa que sequer olha para sua plateia quando o programa não está no ar.

Também não é raro que programas de grande audiência e repercussão terminem sem maiores explicações e, depois de alguns anos, começam a aparecer casos de insatisfação, rixas entre participantes e amores mal resolvidos.

A TV pode passar uma imagem do artista que não corresponde àquilo que se vê fora dela. É até comum casos de artistas humildes na tela que se mostram arrogantes em seu convívio social ou o contrário, embora em menor escala.

Na televisão, imagem é tudo. O marketing por trás das aparições de artistas, especialmente nomes consagrados, nas telinhas é enorme. O melhor enquadramento, a melhor roupa, a mais perfeita maquiagem, a iluminação impecável… tudo conspira a favor da imagem que o artista almeja passar ou à imagem que a própria emissora deseja que ele passe.

O ocorrido com os personagens de “Chaves” dá claros sinais de que houve um enorme desgaste entre seus integrantes e, aparentemente, o pivô de toda a confusão foi Florinda.

O mito Chaves sempre permanecerá entre seus fãs e admiradores, mas é bom poder conhecer um pouco das pessoas por trás dos personagens e, principalmente, do respeito que todos tinham por Bolaños. Bastou que o criador do seriado partisse desse mundo para que os insatisfeitos se manifestassem.

Também é interessante avaliar que Aguirre, Villagrán e de las Nieves também não têm uma relação muito amistosa, uma vez que o primeiro também disparou duras críticas contra os outros dois e a utilização dos personagens comercialmente mesmo após décadas do fim do seriado.

A vida segue para os integrantes de "Chaves", mas, inegavelmente, cada vez mais cada um para o seu lado.
 

Apaixonado por televisão, Helder Vendramini pesquisa e estuda esse meio há vários anos e está se formando no curso de Rádio e TV. Aqui no site, buscará fazer análise aprofundadas dos mais variados temas que envolvem a nossa telinha.

Mais Notícias