Reportar erro
Colunas

E agora, o que será de Xuxa Meneghel?

Enfoque NT

28ba77e2eadaaf28da9684b33448560b.jpg
Foto: Divulgação/ TV Globo
Thiago Forato

Publicado em 19/12/2014 às 01:28:18

Há alguns dias, este espaço tratou sobre os projetos futuros de Xuxa Meneghel, que se encontrava estagnada dentro da Globo há muitos anos, sem emplacar um projeto de sucesso.
 
A derradeira notícia de que ela supostamente deixará a Globo veio poucos dias depois após este questionamento, da razão em Xuxa ainda continuar num lugar que não a aproveitam e muito menos a consideram uma parte crucial na programação do canal, já que não havia nada concreto para a próxima temporada.
 
E muitos estão se perguntando: o que será de Xuxa Meneghel em 2015? A resposta é muito simples: o que ela quiser. Muitos podem não gostar dela por inúmeras razões, mas o que todos concordam é que ao longo desses 31 anos de carreira, sendo 28 de TV Globo, ela construiu um nome forte que lhe rendeu o título de "Rainha dos Baixinhos" e campeã de vendas em produtos licenciados.
 
Isso faz com que ela possa decidir, enfim, para onde quer ir em 2015. Seja na Record, SBT, ou o que for, sua contratação causará um grande impacto como não víamos há muito tempo dentro da televisão. Ela tem todas as portas e janelas abertas possíveis para decidir seu destino. É a chance dela se reinventar e reacender artisticamente falando.
 
Mais Xuxa
 
Agora, é claro que existe a possibilidade dela permanecer na Globo. Diante de todo esse burburinho, e com medo da emissora carioca de fato perdê-la, pode ser que ela tenha um projeto concreto para a próxima temporada, que pode desencadear num programa para a família, como ela já vinha fazendo, com horário a ser escolhido. O próprio sábado está propício, bem como o domingo, seja no horário do "Esquenta" ou com a extinção da "Temperatura Máxima". 
 
Toda uma geração cresceu com Xuxa que conquistou uma legião de fãs. Tornou-se um mito e uma figura emblemática da televisão devido ao sucesso extraordinário que fez nas décadas de 1980 e 1990 com programas para o Brasil, alguns países da América Latina, Espanha e Estados Unidos. 
 
Com o tempo, perdeu espaço e acumulou sucessivos projetos decepcionantes, como o "Xuxa no Mundo da Imaginação", que começou com 20 pontos em 2002 (terminou com 6 em 2004, perdendo para o SBT), logo após a extinção do "Planeta", passando pelo "Conexão Xuxa" em 2007, onde contou com uma produção milionária e poucos resultados efetivos nos números do Ibope, e terminando com o "TV Xuxa" que estreou em 2005 que passou por várias reformulações até chegar às tardes de sábado. 
 
[galeria]
Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há nove anos e assina a coluna Enfoque NT há três, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br  |  Twitter: @Forato_
Mais Notícias