Reportar erro
Colunas

Afinal, por que Xuxa Meneghel ainda está na Globo?

Enfoque NT

28ba77e2eadaaf28da9684b33448560b.jpg
Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 07/12/2014 às 10:35:42

A “rainha dos baixinhos” Xuxa Meneghel está na Globo há 28 anos, mas há um bom tempo não emplaca um grande sucesso dentro da emissora.

Com o término do “Planeta Xuxa” em 2002, tentou voltar ao público infantil naquele mesmo ano com o “Xuxa no Mundo da Imaginação”. Embora a atração tenha começado bem, logo passou a perder de lavada para o SBT e saiu do ar dois anos depois.

Em 2005, estreava o “TV Xuxa”, que passou por inúmeras reformulações até chegar ao formato de 2014, que teve fim em janeiro. Xuxa apresentara o programa mais parecido que teve com o extinto “Planeta”, mas agora a Globo não tem nada planejado para ela. Seu contrato foi renovado por mais dois anos tendo a Record louca para levá-la.

Não se trata de uma torcida para que Xuxa mude de ares. Mas é evidente que a Globo não a considera essencial em sua grade de programação e a renovação foi feita simplesmente para que ela não possa brilhar em outro canal. E a apresentadora, talvez acreditando que realmente não brilhe na Record, acabou por aceitar renovar uma parceria que não funciona há muitos anos.

Possivelmente, pode ter relação direta com seus DVDs, que são da Som Livre, pertencente ao Grupo Globo. Mas, ainda pode ser pouco para justificar uma renovação de dois anos, sendo que na Record certamente sua contratação teria ainda mais impacto de quando Gugu saiu do SBT para embarcar no canal dos bispos.

Xuxa não brilha na televisão há muitos anos. Ora, era um formato desinteressante. Ora, um horário ruim. Na Record, ela teria a opção de formular como quisesse, no horário que quisesse e se duvidar, até que dia quisesse.

Financeiramente, ela já está muito bem há anos. Artisticamente, apagada. Tanto que pouco apareceu nessa vinheta de final de ano da Globo.

A palavra? Estagnação. Possivelmente é estagnada que Xuxa deverá ficar até o final de seu contrato.

Não há que temer a mudança. Há que temer que as coisas não mudem.
 

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há nove anos e assina a coluna Enfoque NT há três, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br  |  Twitter: @Forato_

Mais Notícias