Reportar erro
Colunas

"Valle" lembrar de marcantes dias 4 de julho

Papo de Bola

2bca91b12a26f1e9e7157606b43075e1.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 04/07/2014 às 14:36:01

4 de julho de 2014. Quando começo a escrever este artigo, faltam pouco mais de sete horas para começar Brasil x Colômbia, que decidirá qual selecionado sul-americano fará uma das semifinais da Copa do Mundo, uma semi obrigatoriamente América do Sul x Europa pois pouco antes definido será França x Alemanha. É interessante que, de 10 em 10 anos nos últimos 20, esta tem sido uma data importante para o futebol e para a própria televisão.

Primeiro motivo para eu dizer isso: em 4 de julho de 2004, acabava a Eurocopa com Grécia 1 x 0 Portugal. Um surpreendente título grego, uma retranca vencedora contra uma seleção portuguesa treinada por Luiz Felipe Scolari e que todos achavam que venceria em casa, ainda mais depois da classificação espetacular nos pênaltis diante da Inglaterra. Quem fez a festa naquela competição foi a Rede Record, que a transmitiu com exclusividade em TV aberta (o SporTV passou no fechado) e que atingiu índices muito bons com os jogos de Portugal treinado por Felipão, o que inevitavelmente puxou a torcida de muitos brasileiros até pelo penta mundial em 2002 estar muito vivo nas cabeças dos torcedores. Tão bons que chegaram a preocupar a Rede Globo, que seguia com o Campeonato Brasileiro, ignorado pela Record por alguns domingos em prol de um torneio somente seu.

Naquele domingo, às 16h, seria transmitido ao vivo Paraná x Palmeiras para SP, que tinha até chamadas no ar e tudo mais... até que, na metade daquela semana, a Globo mudou o jogo e decidiu transmitir Corinthians x Santos da praça para a praça. Leitura do fato: não confiou no taco do Verdão sozinho e apostou num clássico entre Coringão e Peixe para fazer frente à Eurocopa às 15h45.

Não se diga que foi errada a mudança no "sentido global" porque o Brasileirão até venceu a disputa direta, mas com bastante aperto, por índices que variavam entre 18 x 17 e 20 x 16, pelos relatos da época. Mas claro que os palmeirenses ficaram muito na bronca pela alteração poucos dias antes, com razão. Em tempo: no RJ, não houve mudança e foi ao ar São Caetano x Botafogo.

Segundo motivo para eu dizer isso: em 4 de julho de 1994, data máxima dos Estados Unidos, eles enfrentaram o Brasil. Nós contra eles no dia maior dos anfitriões daquela Copa do Mundo, oitavas-de-final. Partida difícil, expulsão do Leonardo por uma cotovelada covarde no Tab Ramos e apenas um gol, marcado pelo Bebeto em lance do Romário - um gol que foi lembrado por bastante gente nesta semana por se assemelhar ao da Argentina contra a Suíça, com Messi bancando Romário e Di María dando uma de Bebeto.

Qual fato em comum nestas duas partidas? O locutor de 94 na Band e de 2004 na Record foi Luciano do Valle, cuja data de nascimento foi justamente... pois é: 4 de julho. Logo, ele completou 47 anos contando a classificação brasileira mundialista e chegou aos 57 documentando o título grego europeu.

Por essas e outras, "valle" muito recordar abaixo de Brasil 1 x 0 EUA com o relato do Luciano, que antes do grito de gol pediu: "Faz, Bebeto! Faz!!! FAZ!!!"

A imagem do dia

Jota Júnior, o editor de imagens Anderson Pinheiro, o comentarista Raphael Rezende e o coordenador de transmissões Eduardo Melido, quarteto do SporTV no Estádio Mané Garrincha em Suíça x Equador, na primeira fase.

Jotinha encerrou em Bélgica x Estados Unidos sua participação após 8 partidas e 19 gols narrados. Oitava Copa seguida em televisão com sua presença, quatro na Bandeirantes e quatro no SporTV. Esse é um craque muito querido pelos colegas e pelos telespectadores.

Jota Júnior foi parceiro de Luciano na Bandeirantes, levado por ele da rádio AM para a TV na virada de 1983 para 1984. Profissionalmente, se separaram quando a Traffic assumiu o departamento de esportes da Band em 1999 e alguns profissionais do lendário time "Canal do Esporte" saíram da emissora, um deles Jota, que passou a transmitir pelo SporTV naquele mesmo ano. Mas a amizade solidificada a partir do trabalho conjunto permaneceu firme e forte depois disso.
 

Mais Notícias