Reportar erro
Colunas

A estreia de "Geração Brasil" e a esperança de números melhores às 19h

Confira mais um artigo do "Enfoque NT"

claudiaabreu-geracaobrasil.jpg
Divulgação/TV Globo
Thiago Forato

Publicado em 06/05/2014 às 17:44:39

Antes de uma novela estrear, há um certo "feeling" de quando uma produção vai ser um tremendo sucesso ou um retumbante fracasso. Nos últimos anos, existiram casos e casos. Tanto para êxito, quanto para o fiasco.

Semanas, e até meses, antes de "Geração Brasil" estrear, já se especulava que a novela poderia ser, de fato, um grande sucesso para os padrões em que a Globo se encontra, com todas (eu disse todas!) as novelas no mais absoluto lodo do Ibope (para não dizer pré-sal), com recordes negativos a cada semana que passa.

"Em Família", apesar de contar uma boa história, já era sabikdo que declinaria no Ibope em função do ritmo lento de Manoel Carlos, que sempre lhe foi peculiar. Da falta de vilões, das paisagens inalteradas e cansativas do Leblon, porém não menos belas. Havia todo um contexto para dizer, sem precisar ser vidente, por tudo que está acontecendo, que essa novela das 21h seria a pior de audiência da história, como esta coluna disse também que "Meu Pedacinho de Chão" seguiria o mesmo trilho. O tom de fábula e lúdico poderia ser um motivo para afastar o telespectador. No entanto, apesar dos resultados serem ruins, vem sendo melhor do que o esperado por tudo aquilo que a televisão brasileira está passando, e principalmente a Globo.

Pois bem, "Geração Brasil" apresenta elementos que nos fazem acreditar no seu sucesso. Os autores são os mesmos de "Cheias de Charme", há personagens bastante excêntricos e caricatos, além de inserção da tecnologia na trama. Contudo, um perigo: há que saber costurar toda essa nova tecnologia para fisgar o público jovem e fazê-lo voltar a ligar a TV, assim como não deixar se perder uma boa história de amor para que a dona de casa também não saia sem entender nada parecendo que está assistindo uma novela grega, se sentindo deslocada.


O horário das 19h sempre foi o mais complicado de se fazer sucesso, porque o público é uma incógnita. Poucas nos últimos 15 anos são dignas de destaque. As inesquecíveis, então, dá para se contar até na mão esquerda do Lula.

Certamente, "Geração Brasil" vai superar "Além do Horizonte" com facilidade na média geral. Os 24 pontos da estreia são circunstacialmente excelentes, visto o que herdou da antecessora do último capítulo e como os números estão hoje na grade da Globo. E ouso afirmar que muito antes do que a gente pensa, a novela das 19h alcançará pontuações superiores à "Em Família".


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_
 

Mais Notícias