Reportar erro
Colunas

Colunista convidado: Beto Marden pergunta "a sua conta fecha?"

Nesta segunda (31) estreia uma nova sessão no NaTelinha

4e63809e885a1664fd4330bf9ede961a.jpg
Foto: Cassio Abbud/A2Photolab
Redação NT

Publicado em 31/03/2014 às 11:15:12

A partir desta segunda (31), o NaTelinha terá um "Colunista Convidado".

Uma pessoa famosa é convidada pelo site para escrever um artigo de tema livre, à sua escolha. Confira a estreia:

A sua conta fecha?
Por Beto Marden, artista convidado do NaTelinha

Há algum tempo tenho sido impactado pela seguinte frase – que já considero uma máxima: NOSSO TEMPO É O MELHOR PRESENTE QUE TEMOS!

Ela tem o poder de me colocar a pensar, como quem recebe um aviso ou conselho importante. Serve de caminho para repensar a forma com que me posiciono e ofereço o que tenho de mais valioso: meu tempo.

Com a quantidade de informação que recebemos (em casa, na rua, no trabalho, em tudo), precisamos aprender a filtrar nossas prioridades e preferências com bastante cuidado – em um grau que nunca precisou ser feito antes na nossa história.

Dessa forma, devemos evitar nos ocupar com coisas que não nos agregam, ou que sabemos não terem sido feitas levando em consideração esta máxima. Porque, amanhã, ao olharmos para trás, é importante estarmos satisfeitos e tranquilos com a forma que usamos nosso tempo.

Dedicar-se a algo ou a alguém, é como um investimento. O importante é sabermos se o retorno que obtemos supera o valor do tempo investido. Por diversas vezes, a conta não fecha.

Acredito na importância de se buscar equilíbrios e, especialmente hoje em dia, de aprender a ser criterioso na escolha de como se ocupar. E quando vejo a frase “NOSSO TEMPO É O MELHOR PRESENTE QUE TEMOS!”, busco entender se estou em algum equilíbrio, ou se preciso redirecionar meu tempo a algo que me engrandeça, me torne uma pessoa melhor e mais amável.

Por tudo isso, me sinto honrado cada vez que posso expor meu trabalho, e sou grato por receber de cada um o seu maior presente!

Beto Marden

[galeria]
É apresentador, ator e cantor. Atualmente se apresenta com seu “Projeto Sampando” - homenagem à capital paulista – e se prepara para estrear no Teatro Augusta (São Paulo), dia 11 de abril, o espetáculo musical “Salve a Dor de Cotovelo”.

Economista por formação, também trabalha como produtor cultural e mestre de cerimônias, onde tem se destacado, apresentando grandes eventos corporativos por todo o Brasil.

Mais Notícias