Reportar erro
Colunas

Enfoque NT: O fracasso de "Joia Rara"

9abfa2664d520646cf3e4a7e9c8ec3d2.jpg
Divulgação/ TV Globo
Thiago Forato

Publicado em 10/12/2013 às 12:28:43

Como telespectador da novela das 18h, "Joia Rara", confesso que não consigo entender tamanho fracasso. A trama tem elementos que poderiam fazer com que ela emplacasse, como bons atores, um ótimo vilão como José de Abreu interpretando Ernest Hauser e Carmo Dalla Vecchia como Manfred, uma mocinha sofredora, daquelas novelas bem água de açúcar, que o público até gosta, vivida por Bianca Bin na pele Amélia.

Quando algo alarmante assim acontece, uma novela das 18h ser perseguida pelo "Cidade Alerta" de Marcelo Rezende e obter uma audiência tão catastrófica assim, não faltam pessoas querendo achar culpados. Por quê?

O folhetim não peca pelas atuações, pelo texto, figurino ou enredo. Talvez a temática budista tenha afugentado um pouco do público, que acha uma esquisitice alguém reencarnar na pele de uma garota. Pode parecer até ridículo. Mas, quem se deixou levar por isso, está perdendo uma boa história no horário das 18h.

Chamadas

Desde o começo é a atriz e dubladora Mabel Cezar que vem sendo a voz padrão das chamadas da novela. Ela também foi a voz de Rubi, do SBT, e Jay em "Eu, a Patroa e as Crianças", da mesma emissora.

Esta semana, a Globo tem colocado que essa é uma semana decisiva em "Joia Rara", na tentativa de emplacar a novela.

Há também o fator de que "Malhação" já não empolga, o índice de televisores ligados no horário é cada vez menor, e o horário de verão contribui para que isso aconteça. Mas, é mais fácil dizer que o público simplesmente não foi com a cara de "Joia Rara", justamente por ter um tema central (o budismo) tão distinto.

A grandiosidade e investimento da produção impressionam. Não seria exagero comentar que tem ares de novela das 21h. As sequências no Tibete no começo da trama exemplificam bem isso.

A coluna Enfoque NT é diária! Confira todos os dias uma crítica diferente sobre o mundo da TV; relembre todas.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

Mais Notícias