Reportar erro
Colunas

Antenado: "Morning Show" faz a diferença nas manhãs da televisão

59641e4840e03021728fc2395c77333e.jpg
Divulgação/RedeTV!
Redação NT

Publicado em 13/08/2013 às 14:06:08

Quem diria que este colunista estaria elogiando um programa da RedeTV!, principalmente na fase em que vive a emissora. Mas imparcialidade é principio básico do jornalismo e, mesmo não gostando de práticas da emissora, não dá pra culpar os funcionários disso.

Pois bem, dito isto, vamos ao que interessa. Confesso que esperava bem pouco do “Morning Show”, quando o assisti pela primeira vez. A adaptação de um programa de rádio para a TV é sempre complicado, porém a RedeTV! tem essa experiência bem sucedida com o “Pânico”.

Lembro que vi pela primeira vez em julho e confesso que gostei muito. O Zé Luiz comanda o programa com bom humor e segurança. Já Micheli Machado e Patrick Maia fazem muito bem a parte humorística, com boas pitadas, mas sem apelação. Thiago Rocha, velho conhecido de quem acompanha o mundo da televisão, também tem um bom poder de comunicação e traz informações sobre o meio dos famosos de um jeito diferente e agradável.

Por fim, Renata Del Bianco ainda não disse muito a que veio, mas ela tem feito algumas boas externas e espero que essa seja uma boa função dela. Tem beleza e boa comunicação.

O grande problema do programa, pelo visto, nem é o horário, e sim a má fase da RedeTV! na audiência. Só pra se ter uma ideia, suas duas maiores médias na semana passada foram os programas “Operação de Risco” e “Teste de Fidelidade”, com 3 e 2 pontos, respectivamente.

Em outros tempos, a emissora que chegou a ameaçar realmente a Band, hoje, briga pelo quinto lugar com a Cultura. Isso sem falar em todas as acusações de calote por ex-funcionários e as dividas trabalhistas.

Porém, quem assiste ao “Morning Show” sabe que a atração é agradável e faz uma diferença boa nas manhãs. No meu ver, é o melhor matinal no ar e espero que tenha vida longa.


Gabriel Vaquer escreve sobre mídia e televisão há vários anos. Além do “Antenado”, é responsável pelo “Documento NaTelinha”. Converse com ele. Twitter: @bielvaquer
 

Mais Notícias