Reportar erro
Colunas

Enfoque NT: Com o "Passa ou Repassa", o domingo está voltando a ser legal

152aa5dc522fbed49a02232b6c917914.jpg
Divulgação/SBT
Thiago Forato

Publicado em 11/07/2013 às 08:25:41

No último domingo (7), o SBT trouxe de volta um grande sucesso da década de 90: o game-show “Passa ou Repassa”.

A atração já foi apresentada por Silvio Santos, de 1987 a 1989; depois por Gugu Liberato, até 1994; Angélica, de 1995 a 1996; e por fim Celso Portiolli, onde ficaria até o ano 2000.

A atração foi destaque em 2004, com reprises na faixa das 6 da tarde, alcançando índices de audiência consideráveis, cerca de 8 pontos, com picos de dois dígitos, por vezes. E ainda assim, novas edições não foram produzidas, mesmo com o relativo sucesso dos programas repetidos.

Em sua volta como quadro do "Domingo Legal", o que chamou a atenção foi o vigor de Celso Portiolli. É difícil comparar qualquer animador com Silvio Santos, mas Portiolli mostra uma habilidade, fôlego e animação à frente do “Passa ou Repassa” empolgantes. O game fica ainda mais eletrizante sob seu comando. Tem o tom certo. Não desaprendeu.

O cenário, no entanto, está um tanto diferente das primeiras versões. Afinal, era um programa separado, e agora aparece como quadro. Não tira o brilho da nova roupagem do “PR”.

As provas são as mesmas, mas é impossível mudar de canal devido ao ritmo que o game-show e o apresentador impõem. É, para muitos, o melhor programa já apresentado por Celso Portiolli, juntamente com o “Curtindo uma Viagem”, que foi líder de audiência nas tardes de domingo. A Xuxa lembra bem disso...

O “Passa ou Repassa” é peça fundamental para que o “Domingo Legal” tenha a cara de seu apresentador, que precisa de cuidados especiais por sua história aos domingos e ao Portiolli, que é um exímio comunicador. Vida longa ao “PR” nessa nova fase.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

Mais Notícias