Paredão

BBB 22: Gustavo é eliminado em paredão com rival

O paranaense deixou o programa com 81,53% dos votos


Gustavo na sala do BBB 22
Gustavo é o 16º participante a deixar o programa - Foto: Reprodução/Globoplay
Por Patrícia Marques

Publicado em 19/04/2022 às 23:26:07,
atualizado em 19/04/2022 às 23:48:15

Gustavo foi o 16º participante eliminado do BBB 22. Com rivalidade declarada com Eliezer, a quem ele definiu como o último Lollipop, o público optou por deixar o design na casa. Os votos foram distribuídos desta forma: Gustavo (81,53%), Eliezer (16,08%)e Paulo André (2,39%).

O paranaense estava na casa de vidro e entrou na competição com o objetivo de mexer com as dinâmicas de paredões da casa. Logo quando entrou, prometeu indicar a cada semana um jogador diferente e que não era alvo dos brothers. O intuito era permitir que o “público também jogasse o BBB”.

Durante o discurso do eliminado, Tadeu comentou a trajetória do bacharel em direito, a "caça aos Lollipopers“ e a estratégia de rodízio no paredão. "Hoje pode ser confirmado um feito histórico. O grupo que nunca perde, 21 vezes teve alguém com possibilidade de ir embora, ninguém saiu. O que tem esse grupo pra não perder nunca? Ou o que tinham os outros grupos pra perder sempre? Por que o Eli resistiu até aqui? O que faria o Eli resistir a um confronto direto contra os invencíveis? Eli contra seu arquirrival, Gustavo, um homem que de todos os paredões possíveis só não foi pra um”, começou o apresentador.

Na ocasião, Tadeu lembrou da missão do paranaense no jogo. “O Gustavo veio da casa de vidro com informações de fora, querendo botar fogo no jogo, tocar o terror, gerar treta, bater de frente, mexer com quem estava tranquilo e assim fez, tirou do esconderijo, os Lollipops mais escondidos. Mas nem ele percebeu que no fundo o principal critério dele, havia um defeito de fábrica. Como um programa de computador que vem com bug, rodízio de pessoas no paredão? No fundo, no fundo, é uma maneira de não se comprometer”, disse.

O apresentador aproveitou também para falar sobre o acordo feito entre ele e os brothers do quarto Grunge, a quem ele firmou uma aliança. “Quem é beneficiado por esse acordo? Combina com alguém? Combina com você, PA? Não combina com o jeitão do Gustavo. Gustavo que aceita o confronto, que diz o que precisa, seja pra quem que deixa claro que tá aí pra ganhar. O jeitão de um cara que estudou o BBB, fez movimentos importantes no jogo e em vários momentos analisou com precisão o que estava acontecendo. Acertou, inclusive, como seria o meu discurso hoje. Será que o caçador de Lollipopers vai cumprir sua missão? Último vai conseguir a revanche inesperada? Ou será que os dois vão escapar ilesos pra contar a história? Um dia da caça, o outro do caçador. Quem sai hoje é você, Gustavo”, concluiu Tadeu.

BBB 22:  Entenda a formação do paredão

O 16º paredão do BBB 22 foi formado no último domingo (17), dia em que também foi realizada a prova do Líder. Pedro Scooby teve mais sorte e venceu a dinâmica. Logo em seguida, Tadeu Schmidt iniciou a formação da berlinda. Sem surpresas, o surfista indicou Eliezer para o paredão.

Depois, começou a votação no confessionário. Conforme dinâmica criada pelos brothers do quarto Grunge, quem correu menos risco de sair da casa iria ser o voto da semana. Com Scooby na liderança, Gustavo foi o alvo do dia.

Como tinha direito a contragolpe, o paranaense seguiu o mesmo raciocínio e puxou Paulo André.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Termometro

Expresse seus sentimentos aos participantes de BBB22

Mais Notícias