Memórias da Telinha

Saída de Jô Soares da Globo obrigou criação da Tela Quente

Jô Soares deixou a emissora e fruto de sua saída perdura até hoje


Jô Soares com olhar triste
Jô Soares saiu da Globo em 1988; emissora criou a Tela Quente para combatê-lo no SBT - Foto: Divulgação/TV Globo

Principal sessão de filmes da Globo há 34 anos, a Tela Quente foi criada depois que Jô Soares migrou para o SBT. A estratégia era combater o Veja o Gordo às segundas com grandes produções de Hollywood.

Nos anos 80, os filmes conquistavam grande audiência e só perdiam para novelas e futebol. Com essa filosofia, a Globo substituiu o Viva o Gordo pela exibição pela sessão de filmes. "Foi uma decisão acertada. E uma estratégia de programação para concorrer com o Jô que também dá opção para quem não gosta de programas humorísticos", disse Luís Lara Resente, diretor de divulgação da Globo na época numa entrevista à revista Veja, em abril de 1988.

"Profissionalmente, comprei a briga. Criei a sessão de cinema Tela Quente, que incinerou o Veja o Gordo, fazendo com que o programa saísse do ar", disse Boni numa entrevista anos depois que ele havia voltado para a Globo, quando a amizade foi retomada após ser estremecida com a ida dele para o SBT. 

Desde então, a emissora nunca poupou sua artilharia pesada de blockbusters e é uma das únicas atrações da linha de shows da Globo que, em sua história, nunca teve sua liderança ameaçada de verdade.

Jô Soares saiu da Globo após "não" da emissora

imagem-texto

Com o desejo de ter um talk-show, Jô Soares foi buscar realizar seu sonho no SBT. Embora fosse uma das estrelas do casting da emissora carioca, não havia conseguido espaço para criar um programa de entrevistas.

A insatisfação com o fato fez Jô mudar de ares em 1988, aceitando uma proposta de Silvio Santos no SBT. Além de um talk-show do seu jeito e sem a interferência de ninguém, ele também teria um programa humorístico. Nascia o Veja o Gordo.

Jô Soares realizou quase sete mil entrevistas em 11 anos e se tornou uma referência do gênero. Inspirado em talk-shows americanos como os de Johnny Carson e Steve Allen, o Jô Soares Onze e Meia entrevistou personalidades dos mais variados gêneros. Era a cadeira que todos queriam estar.

"Maior e melhor seleção de filmes inéditos", dizia a Globo

Para promover a sessão, a Globo bombardeou a programação com chamadas prometendo ao público o que havia de melhor quando o assunto era filmes. "Nesta segunda você entra em rede com a Tela Quente, a maior e melhor seleção de filmes inéditos", dizia a emissora.

Para a estreia, a Globo programou O Retorno de Jedi, da saga Star Wars. Os seguintes filmes também foram anunciados para causar expectativa: Os Caçadores da Arca Perdida, Rocky III e Alien: O 8º Passageiro.

Relembre:

 

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias