Reportar
erro
Não cedeu

Tiago Leifert recorda brincadeira com o Corinthians e cobrança do presidente

Em abril de 2011, Globo Esporte fez um especial do Dia da Mentira e causou revolta entre corintianos


Tiago Leifert e Andrés Sanchez em foto montagem
Tiago Leifert recorda cobrança de Sanchez em 2011 - Foto: Reprodução/YouTube/Montagem
Por Thiago Forato

Publicado em 13/05/2022 às 09:35:00

Tiago Leifert esteve por seis anos à frente do Globo Esporte em São Paulo, e um dos momentos mais marcantes foi uma brincadeira que fez com o Corinthians, quando o clube ainda não havia ganhado a Copa Libertadores. Em 1º de abril de 2011, o jornalista teve a ideia de fazer um especial de Dia da Mentira e brincar com o fato do Timão não ter conquistado o torneio. A brincadeira teve cobrança do então presidente Andrés Sanchez, mas Leifert não se intimidou.

"A gente fez um programa de mentira, que a gente não faria, sem música, sem nada. Aos 40 do segundo tempo, eu estava incomodado. Faltava alguma coisa. Eu pedi uma narração do Galvão gritando: 'O Corinthians é campeão', uma narração do São Paulo campeão da Libertadores e edita junto. Então, ficou: 'O Corinthians é campeão da Libertadores'. Tirou o São Paulo e colocou o Corinthians no lugar. E pedimos na arte um 'Corinthians campeão da Libertadores'. O cara da arte: 'Vocês têm certeza?'", recordou ele numa entrevista concedida ao podcast Fala, Brasólho!, na noite dessa quinta-feira (12).

Depois que o Globo Esporte terminou, Leifert afirmou que a vida seguiu, mas quando tocou seu celular, viu que era Andrés Sanches. "Você mexeu com o bando de louco. O que eu faço?", questionou o mandatário do Timão. Sem entender, o apresentador o que aconteceu, foi quando recebeu a resposta: "Você tem que pedir desculpas".

Tiago Leifert se negou a pedir desculpas para torcida

Tiago Leifert recorda brincadeira com o Corinthians e cobrança do presidente

Apesar dos pedidos do presidente, Tiago Leifert se mostrou irredutível e disse que não pediria desculpas. "Eu falei que não ia pedir. É uma brincadeira de 1º de abril, óbvio que é mentira, não ofendi ninguém, não fiz nada de errado. Torcedor faz, a gente fez também. Não dói. Passou. Ele falou: 'Tiago, recebi muito e-mail'. Eu perguntei quantos. 'Uns 30', ele disse. Eu falei: "Presidente, mais de 29 milhões de torcedores não mandaram e-mail. Isso passa". E passou, não aconteceu nada. A torcida ficou brava, mas a maioria achou bobagem."

O fato aconteceu há 11 anos. Em 2012, Leifert conciliou o GE com o The Voice Brasil, quando saiu definitivamente do esportivo em meados de 2015. Em 2017, assumiu o comando do Big Brother Brasil, posto que ocupou até o ano passado. Em 2021, ainda, no final do ano, anunciou sua saída da emissora. Ao Grupo Globo retornará durante a Copa do Mundo para narrar jogos no streaming.

Confira a entrevista de Leifert e a piada de 1º de abril em 2011:

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias