Reportar
erro
Inflação indigesta

Ana Maria Braga usa colar em protesto contra aumento de remédios: "Artigo de luxo"

Apresentadora protestou mais uma vez contra aumento dos preços


Ana Maria Braga com colar de remédios
Ana Maria Braga ostenta colar contra aumento dos preços nos remédios - Foto: Reprodução/TV Globo
Por Redação NT

Publicado em 04/04/2022 às 09:41:08,
atualizado em 04/04/2022 às 16:31:31

Ana Maria Braga apareceu no Mais Você nesta segunda-feira (4) protestando contra a alta no preço dos remédios, que podem ficar até 10,89% mais caros. "Esse é o meu sinal de protesto. É a vez dos remédios se tornar um artigo de luxo", lamentou ela no início do programa, utilizando um colar com comprimidos.

A medida entrou em vigor nesta segunda e é a maior alta dos últimos 10 anos. Alguns medicamentos, no entanto, podem ser reajustados em até 18%. Cerca de 10 mil medicamentos estão na lista oficial.

A apresentadora do Mais Você vem acumulando protestos nos últimos tempos. O último foi no final de março, quando usou um botijão de ouro 18 quilates. "Tem gente parcelando a compra de botijão de gás a perder de vista", lamentou ela.

Ana Maria Braga ostentou colar de cenoura após alta nos preços: "Fortuna"

Em março, Ana Maria Braga seguiu o protocolo no Mais Você desta e exibiu mais um colar de mais um alimento que está disparando nos preços. A apresentadora da Globo surgiu com cenoura no pescoço e se justificou na abertura.  "Está valendo uma fortuna", disse ela.

A loira reprisou alguns momentos que utilizou no matutino colares de tomate, cebola e alho devido aos preços altos. "Eu começo a semana ostentando esse acessório caríssimo. Se você imaginar o que tá acontecendo no país... Depois dos aumentos do gás de cozinha e da gasolina, hoje é a cenoura que tá fazendo a gente levar um susto na feira ou no mercado", disse.

Ela afirmou que ficaria com o colar de cenoura durante o programa todo. "Está valendo uma fortuna, o quilo está batendo os R$ 15. Nós vimos por R$ 13, R$ 14,90 o quilo. O que aconteceu com o preço? Há três meses custava R$ 7", recordou.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias