Reportar
erro
Telespectadora assídua

Susana Vieira diz que BBB "tem que agradecer a pandemia"

"Assisto o BBB desde o tempo que os atores e apresentadores não assistiam", declarou


Susana Vieira comentando o BBB no Encontro
Susana Vieira é fã do BBB e comenta o game - Foto: Reprodução/TV Globo
Por Redação NT

Publicado em 11/03/2022 às 11:11:07,
atualizado em 11/03/2022 às 11:17:12

Susana Vieira esteve no Encontro desta sexta-feira (11) e falou com Fátima Bernardes e Tati Machado sobre o BBB 22. No papo, afirmou que assiste ao reality antes de se tornar "moda", e que antes, ser telespectador do programa era mal visto pela classe artística. "O BBB tem que agradecer a pandemia", declarou a atriz.

"Assisto o BBB desde o tempo que os atores e apresentadores não assistiam. Agora, todos os atores começaram a ver o programa", refletiu ela, recordando o fato do reality show ter ressurgido em 2020 com o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Para Susana, BBB é uma novela. "É maravilhoso, por que a gente vê? É como a gente vê novela. Claro que se vez em quando ele é meio cruel. Nós todos que trabalhamos na Globo, imagina se toda hora vai criar um caso, como seria o ambiente? Talvez seja o banheiro que é um só."

"A vida toda é muito difícil pra todos nós, você levanta cedo, tem a produção que vem aqui. Todos nós estamos sendo tomados por uma realidade cruel. Esse lado do BBB veio apaziguar um pouco. É um momento de relaxamento."

Susana Vieira

A bronca de Susana Vieira

imagem-texto

Para a veterana, os participantes precisam entrar mais abertos. "As pessoas entram, não querem ir pro paredão, não querem ser votados. O programa é um resta um. Será que não pegaram isso ainda?", disparou.

No ano passado, Susana Vieira foi uma das poucas artistas que teve compromisso estendido com a Globo. Ela está na emissora desde 1970, mas tal ato foi na contramão do mercado, já que ela vem se desfazendo de seus talentos. No entanto, Susana está sem trabalhos à vista

Susana Vieira está com 79 anos de idade sua primeira novela na emissora foi A Próxima Atração (1970). Depois, embalou papéis que ficaram marcadas como nos folhetins Minha Doce Namorada (1971), Anjo Mau (1976), Baila Comigo (1981), Mulheres de Areia (1893), Por Amor (1997), Senhora do Destino (2004), Amor à Vida (2013), dentre outras. Sua última produção no canal foi em Éramos Seis (2019-20), última antes do estouro do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias