Reportar
erro
Cantou e dançou

Apresentador da Band comemora vitória contra Sikêra Jr: "Homofobia não ganha processo"

Jacson Damasceno ainda agradeceu o apoio da emissora durante o caso


Jacson Damasceno dançando e cantando no cenário do Brasil Urgente do Rio Grande do Norte, vestindo roupa preta
Jacson Damasceno criou até uma música para compartilhar com os fãs - Reprodução/Instagram
Por Redação NT

Publicado em 17/02/2022 às 15:35:00

Jacson Damasceno não fez questão de esconder a alegria que sentiu por ter derrotado Sikêra Jr. na Justiça. O titular do Alerta Nacional havia processado o apresentador da Band por danos morais, depois que ele rebateu algumas falas homofóbicas ditas pelo funcionário da RedeTV!, no ano passado. Sikêra pedia indenização de R$ 44 mil na Justiça por danos morais, além de uma retratação em seu programa de televisão, mas a ação foi julgada como improcedente.

Em seu perfil no Instagram, Damasceno publicou um vídeo cantando e dançando no cenário do Brasil Urgente do Rio Grande do Norte. "Homofobia não leva pro céu" e "homofobia não ganha processo" são dois trechos da música criada pelo comunicador, que fez um reggae para festejar e ainda escreveu que teve o CPF inocentado.

Na mesma rede social, o funcionário da Band relembrou a situação. "Estou muito feliz. Vim comunicar que eu venci o processo movido pelo apresentador Sikêra Jr. na Justiça do Amazonas. Ele pedia R$ 40 mil, alegando que eu tinha ofendido, maculado a imagem dele, em comentários que eu fiz no meu programa, Brasil Urgente, da Band, rebatendo as besteiras, as bobagens que ele fala, as agressões que ele faz contra a comunidade LGBTQIA+", contou.

"O vídeo viralizou, foi uma zoada danada, vocês devem se lembrar. Na sexta-feira saiu a sentença. A Dra. Maria do Perpétuo Socorro da Silva Menenes decidiu que não houve ofensa nenhuma, mas que eu rebati os impropérios ditos pelo apresentador, informando bem o público, reparando aquele monte de erros", vibrou, na continuação do vídeo.

Para finalizar, Jacson Damasceno falou sobre o apoio que recebeu durante todo esse período. "Eu quero agradecer a todos que me ajudaram e dizer que foi uma vitória do amor ao próximo, da empatia, da igualdade e do bom jornalismo", completou, agradecendo ainda à Band na legenda da postagem. Enquanto gravava, o apresentador pôs de fundo a música I Will Survive, de Gloria Gaynor, que foi "adotada" pela comunidade LGBTQIA+, muito em função de sua letra que aborda questões como superação e coragem.

Sikêra Jr. perde processo contra apresentador do Brasil Urgente

O NaTelinha teve acesso à sentença, proferida na última sexta-feira (11), pela juíza Maria do Perpétuo Socorro da Silva Menezes, da Comarca de Manaus, no Amazonas. Em trecho do documento, a juíza diz que os comentários feitos por Jacson se limitaram a rebater as declarações polêmicas dadas por Sikêra Jr. no Alerta Nacional e que, em momento algum, o apresentador da Band proferiu palavras que maculem a honra e a imagem do funcionário da RedeTV!, tão somente emitindo sua opinião pessoal sobre o assunto, bem como informando seus telespectadores.

"Dessa forma, nem mesmo há como se falar em informação falsa divulgada pelo Requerido, uma vez que as declarações feitas pelo Requerente ganharam repercussão a nível nacional. Antes, o Requerido se limitou a comentar os fatos diante do notório interesse público à informação e se utilizando do direito à liberdade de expressão, não podendo os comentários serem considerados de forma alguma vexatórios, mas sim um exercício regular de direito por parte do Requerido, não restando configurada violação aos direitos da personalidade do Requerente", diz o fim do comunicado, que julgou a demanda como improcedente.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias