Baita susto

Vídeo: Repórter é atropelada ao vivo durante entrada em jornal

Jornalista foi atingida em cheio por carro em noticiário


Tela dividida de âncora em jornal e repórter com microfone na mão segundos antes de ser atingida
Vídeo: Repórter é atropelada ao vivo durante entrada em jornal - Foto: Reprodução

Durante uma entrada para um jornal da WSAZ News, na Virgínia Ocidental, nos Estados Unidos, uma repórter foi atropelada ao vivo. A jornalista Tori Yorgey conversava com o âncora do noticiário, Tim Irr, quando um carro a acertou em cheio. O impacto é tão grande que ela foi jogada no chão junto com a câmera que registrava a profissional. O apresentador não conseguiu esconder sua preocupação com a colega de emissora, mas, segundo depois da queda, a repórter avisou que estava bem.

Assustada com a situação, a jornalista acalmou o âncora e continuou com a notícia. "Estou bem, sim, você sabe: isso é TV ao vivo. Ainda bem que fui atropelada por um carro na faculdade também. Estou tão feliz por estar bem", disse Tori, ao responder o motorista do carro que a atingiu. De acordo com o apresentador do jornal, após a participação da repórter, ela foi encaminhada para um pronto socorro e que passa bem.

Assista ao vídeo:

Durante o Bom Dia DF da quarta-feira (19), a repórter da Globo Maria Fernanda Soares se emocionou ao fazer uma entrada para dar informações sobre a vacinação da Covid-19. O motivo do choro é que, ao mostrar um menino chamado Davi sendo imunizado e falando do pai morto pela doença, a jornalista lembrou que seu parente também perdeu a vida para o novo coronavírus. Ao continuar com a notícia, a comunicadora engasgou várias vezes e se perdeu em lágrimas. 

Homem arranca microfone de repórter, xinga equipe e pisoteia equipamento do SBT ao vivo

Um homem se descontrolou e deixou a equipe do SBT em apuros ao vivo durante o Primeiro Impacto desta quinta-feira (13). A repórter Melina Saad estava cobrindo um acidente que aconteceu na região de Diadema, município de São Paulo, durante a madrugada, quando o motorista, que estava voltando de uma noite com amigos, bateu no muro de uma igreja e deixou o carro destruído. 

Na matéria, a funcionária de Silvio Santos chegou a citar que o condutor do veículo, identificado como Flávio, aceitou falar com a reportagem da emissora. Porém, quando a jornalista mostrou o estado em que o automóvel ficou e revelou o motivo da batida, o rapaz surtou e começou a gritar para que a matéria fosse encerrada ali. "Pode parar c*, vai tomar no c*, vai se f*", xingou o motorista, entrando na frente da câmera.

Flávio tomou o microfone da mão da repórter, jogou o equipamento no chão e começou a pisoteá-lo. Melina Saad, assustada, se afastou, enquanto o rapaz discutia com o cinegrafista e tentava fazer com que a transmissão parasse. 

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias