Reportar
erro
Confusão

Repórter do SBT bate boca ao vivo e dispara: "Sou ousada mesmo"; assista

"É por conta da minha ousadia que eu trabalho nesse canal", arrematou Driele Veiga


Driele Veiga, repórter do SBT, bate boca com morador de edifício que tentou expulsá-la do local em cobertura de incêncio
Repórter do SBT acusou morador de beneficiar equipe da Record - Foto: Reprodução/Twitter
Por Redação NT

Publicado em 16/01/2022 às 15:55:00,
atualizado em 16/01/2022 às 17:25:31

A repórter Driele Veiga, da TV Aratu, afiliada do SBT em Salvador, bateu boca em uma transmissão ao vivo na sexta-feira (14). Ela fazia a cobertura de um incêndio no 8º andar do Edifício Mansão Bois de Boulogne, na capital da Bahia, quando foi expulsa por um morador do local. Os dois iniciaram uma discussão, e a jornalista disparou: “Sou ousada mesmo”.

O episódio teve repercussão nas redes sociais e foi compartilhado, no Twitter, pela própria jornalista. “Esse morador realmente está muito incomodado com a nossa presença aqui”, reagiu Driele Veiga, ao vivo na TV Aratu, diante das reclamações do homem. “Ele deve estar nervoso com o incêndio”, justificou, do estúdio, o âncora da atração.

Em seguida, o síndico do condomínio apareceu para conversar com a repórter. O morador, por sua vez, seguiu reclamando da postura da jornalista, o que não foi captado pelo microfone. “Sou ousada mesmo. Graças a Deus, é por conta da minha ousadia que eu trabalho nesse canal”, rebate Driele, em certo momento da discussão.

No diálogo com o síndico, ela explicou que assim, como os profissionais da Record, também foi convidada por moradores a permanecer no local para fazer a cobertura do incêndio. Ele então esclareceu que todos já estavam fora dali, restando apenas a repórter do SBT, que finalmente aceitou sair. Confira:

Repórter do SBT acusou morador de tentar beneficiar jornalista da Record, supostamente noiva dele

Em postagem no Instagram, Driele Veiga afirmou que o morador é advogado e estava tentando beneficiar a equipe da Record TV Itapoan. “Ele mais que ninguém deveria saber que direitos são iguais”, criticou a repórter. Por isso, afirmou na ocasião que só deixaria o local se os profissionais da concorrência também fossem embora.

“No final, todos eram convidados e todos saíram juntos. Um atrás do outro para não se perder. Me deixem trabalhar em paz, viu? Já disse que meu nome é Driele Veiga e não bagunça”, finalizou a jornalista. Nos stories, ela ainda escreveu: “Não sou barraqueira. Eu exijo respeito e quero que meus entrevistados e telespectadores sejam respeitados”.

No Twitter, Driele disse já saber o motivo da tentativa de beneficiar a equipe do outro canal. “Qual interesse em beneficiar uma emissora? Depois a gente descobre. Casamento marcado com a apresentadora da Record para o final do mês. Justifica? Não!". Confira a publicação:

 

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias