Reportar
erro
Exclusivo

Âncora da Jovem Pan demitida por comer chocolate diz que sentiu "frustração, injustiça e medo"

Mariana Fanti conta que apresentava telejornal com "vôo às cegas" e não sabia que estava no ar no momento


Mariana Fanti nos estúdios da Jovem Pan News
Mariana Fanti foi demitida da JP News após comer chocolate ao vivo - Reprodução
Por Sandro Nascimento, com Marcela Ribeiro

Publicado em 20/01/2022 às 05:40:00,
atualizado em 20/01/2022 às 10:57:43

Demitida da Jovem Pan News no início deste mês após aparecer, ao vivo, comendo um pedaço de chocolate durante o Jornal da Manhã Segunda Edição, Mariana Fanti conversou com o NaTelinha sobre o ocorrido e explicou que estava no ar desde às seis da manhã, cobriu o apresentador Marcelo Mattos no telejornal e ficaria direto até meio-dia. Mariana falou como se sentiu após toda a repercussão do vídeo e julgamentos que ocasionaram em sua demissão do canal.

"Foi um misto de frustração, injustiça, por perder um trabalho pelo qual lutei tanto, vontade de querer explicar a cada um dos julgadores as reais condições em que a situação toda ocorreu, e medo de sofrer consequências no mercado de trabalho e ser julgada como uma má profissional".

Nos primeiros dias, ela diz que só tinha dúvidas na sua cabeça, mas as respostas foram aparecendo e a situação toda foi clareando aos poucos. "Ninguém se orgulha de ser demitida. É uma palavra que vem carregada de vergonha e um sentimento de incapacidade. Mas todas as mensagens que recebi e apoio de pessoas que se levantaram para me ajudar me fazem acreditar que talvez o melhor ainda esteja realmente por vir", diz.

Como se sentiu fraca por não se alimentar, ela recorreu ao pedaço do doce que estava em sua bolsa, já que ficaria direto no ar das 6h às 12h ininterruptamente. "Foi quando peguei um pedaço do chocolate que estava na minha bolsa", conta.

A apresentadora explica que neste momento não sabia que estava no ar, pois estava sem retorno de vídeo naquele estúdio. Somente depois que viu que o momento foi exibido.

"Apenas me guiava pelo YouTube que acompanhava em meu celular, por isso a cabeça baixa no vídeo. Só não me me dei conta do delay de segundos que existe no YouTube, portanto no meu celular eu não estava em tela, foi quando peguei o chocolate e gesticulei para o pessoal da técnica que estava atrás de mim para confirmar o próximo VT que iria chamar após aquela entrevista, pois também estava sem ponto, o que nos garante o retorno de áudio e comunicação com o switcher, estava literalmente num voo às cegas".

Cerca de 10 segundos depois, Mariana conta que viu sua imagem no YouTube comendo o chocolate. Ela concluiu o jornal normalmente, e na sequência reportou o ocorrido aos seus superiores - chefe de redação e direção de jornalismo.

"Como estávamos em período de escala de Natal, onde cobrimos outros colegas, e por este motivo muitas horas no ar e com equipe reduzida, eles foram compreensivos com o ocorrido. Existe uma determinação interna de não comer dentro dos estúdios, por isso digo que não foi uma postura deliberada, nem de rebeldia, muito menos de transgredir regras. Foi por real necessidade de ter um ganho de energia para cumprir as seis horas ininterruptas no ar, e por óbvio desconhecimento de que estava no ar. Se soubesse que a câmera estava aberta em mim, jamais teria feito - mesmo que tivesse a necessidade por conta de saúde".

Apresentadora da Joven Pan relembra demissão

Cerca de dez minutos antes de entrar no ar, no dia 4 de janeiro, Mariana diz foi chamada pelo chefe de reportagem, que estavam acompanhado de um membro do RH que lhe informou sobre o desligamento da empresa devido ao episódio do chocolate, que aconteceu no dia 23 de dezembro.

"Na ocasião perguntei se havia outros motivos que culminaram nessa decisão, e ele respondeu que não havia nada que desabonasse meu trabalho naqueles nove meses na Jovem Pan. Acho injustiça uma palavra muito forte. mas acredito que existem outras formas de lidar com questões como esta - como o diálogo por exemplo.”

A jornalista reforça que não teve uma atitude deliberada de simplesmente comer enquanto estava no ar por falta de comprometimento com seu trabalho.

"Vejo o caso do chocolate como um fato isolado, não acredito que o trabalho que eu vinha desempenhando fosse digno de uma decisão radical como a demissão".

Por enquanto, ela espera receber convite para voltar o mais breve possível à televisão. "É minha paixão e posto pelo qual batalhei durante muitos anos para me capacitar e alcançar. Foi um sonho de toda uma vida, e uma imagem de profissional digna e séria, que foram colocados em cheque por uma falha técnica", diz.

Mariana tem aproveitado este período fora do ar para desenvolver novos projetos e trabalhar num sonho antigo de criar algo voltado à política, área na qual se especializou e sempre estive profissionalmente ligada.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias