Política

Jovem Pan News anuncia datas para debates das Eleições 2022

Todos os candidatos terão espaço para entrevistas nos jornais da emissora


Montagem de fotos de Jair Bolsonaro e Lula felizes
A eleição 2022 já está ganhando forma com Jair Bolsonaro e Lula - Reprodução/Instagram

O grupo Jovem Pan anunciou nesta terça-feira (14) que já tem as datas para os debates eleitorais de 2022. Para os candidatos à Presidência da República, a primeira agenda será no dia 9 de agosto. Se houver segundo turno, 11 de outubro. Já para os representantes aos governos estaduais, o primeiro debate está marcado parao  dia 23 de agosto e, se houver segundo turno, o encontro será em  18 de outubro.

"A Jovem Pan vai dar espaço para que os candidatos divulguem suas propostas de governo e os eleitores possam se decidir. Tanto no formato debate, como entrevistas, podcasts e artigos no portal. Nosso compromisso é com o debate de ideias e o futuro do Brasil", disse Humberto Candil, diretor de jornalismo da empresa de comunicação.

De acordo com o comunicado emitido pelo grupo, todos os candidatos terão espaço para entrevistas nos jornais da emissora, além de cobertura exclusiva no Jornal da Manhã e nos principais noticiários da programação.

A cobertura das Eleições 2022 contará com uma integração completa entre os veículos do Grupo Jovem Pan, com acompanhamento diário pelas emissoras de TV, rádio e plataformas digitais e Panflix, o serviço de streaming da Jovem Pan.

SBT minimiza agressão de apoiadores de Bolsonaro a repórteres e web critica canal

O SBT Brasil desta segunda-feira (13) minimizou a gravidade das agressões que seguranças e apoiadores de Jair Bolsonaro desferiram a repórteres na Bahia neste final de semana. Durante o noticiário, os âncoras informaram sobre o episódio ao público, mas não repudiaram a violência que, inclusive, a equipe do canal sofreu. No final da matéria, não houve defesa da emissora ao seu repórter agredido, Francisco Lopes, nem houve nota de repúdio.

"Um jornalista da TV Aratu, afiliada do SBT, e da TV Bahia, afiliada da TV Globo, foram agredidos por apoiadores de Jair Bolsonaro a Itamaraju, na Bahia, neste domingo", disse. Na sequência, o jornal mostrou imagens da violência e narrou o que aconteceu.

Ao retonar para a bancada, o SBT não se manifestou sobre o ocorrido. "Após o incidente, jornalistas foram recebidos em outro local. O presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Cidadania, João Roma, pediram desculpas pelas agressões", finalizou a âncora.

Assista:

 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias