Vida nova

Ex-jogador brasileiro entra no Big Brother Portugal para se reerguer após as drogas

Reality com famosos estreou nesse domingo (2)


Montagem com Jardel posando para foto do programa
Ex-jogador brasileiro participa do Big Brother de Portugal - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Por Natasha Amaral

Publicado em 03/01/2022 às 12:35:00,
atualizado em 03/01/2022 às 12:47:04

Estreou nesse domingo (2) a versão famosos do Big Brother Portugal, na TVI. Entre os participantes, está um brasileiro bastante conhecido no futebol: Jardel, ex-atacante e ídolo do Grêmio, que também fez grande sucesso no país lusitano, com passagens por Porto, Sporting e Beira-mar. Durante o primeiro programa da atração, o ex-jogador falou brevemente sobre seu passado com as drogas e disse que pretende se reerguer.

"Na minha vida não costumo perder, mas ganhar ou aprender. Quero agradecer, respeitar as pessoas. Quem não me conhece vai-me conhecer e venho para vencer. Houve uma virada na minha vida e se não estivesse bem não estaria aqui", disse ele, fazendo uma alusão aos tempos em que consumia drogas.

Ainda durante sua estreia, ele também falou sobre a aceitação da família e amigos para participa do reality, Jardel afirmou que não foi encorajado, mas acredita no seu potencial. "Dinheiro traz muita facilidade e espero poder contar um pouco dessa história. Disseram-me para não vir, mas sou vencedor e estou bem".

 

No Instagram, o perfil da atração divulgou a participação de Jardel: "Atacante e famoso pelos seus golos de cabeça, Mário Jardel conquista todas as glórias dentro e fora de campo. O Super Mário, como era conhecido dentro das quatro linhas, vem agora para dentro da casa do Big Brother Famosos, assumindo que é uma pessoa muito frontal e que uma das suas maiores qualidades, é ser transparente". Confira na íntegra: 

Passado polêmico na política brasileira

O ex-jogador, que também já atuou no Vasco da Gama, ficou conhecido em Portugal quando jogou pelo Porto e pelo Sporting. No Brasil, além da carreira esportiva, também trabalhou na política, mas acabou se envolvendo em algumas polêmicas. Em 2014, ele foi eleito deputado estadual do Rio Grande do Sul, pelo Partido Social-Democrata (PSD) com 41 mil votos. Contudo, sofreu denúncia do Ministério Público em 2016, na Operação Gol Contra, o que gerou a cassação do seu mandato.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias