Reportar erro
Da TV para o rádio

Aos 80 anos, Boris Casoy é contratado pela Rede Massa FM

Jornalista estreia na próxima segunda-feira o quadro 'Fala aí, Boris... Pra massa'

Boris Casoy posando para foto, com a mão no queixo e um microfone de rádio a sua frente
Boris Casoy foi contratado pela Rede Massa FM - Foto/Divulgação
Jéssica Alexandrino

Publicado em 05/11/2021 às 12:39:22

Com 80 anos de idade e mais de 65 de carreira, Boris Casoy está migrando da TV para o rádio. O jornalista foi contratado pela Rede Massa FM, segunda maior rede de rádios do país, para comandar um quadro chamado Fala aí, Boris... Pra Massa, que estreia na próxima segunda-feira (8). De segunda a sexta-feira, com edições em três horários, 7h35, 12h35 e 18h35, a atração fará uma análise dos principais fatos do Brasil e do mundo, com os comentários contundentes que são a marca do comunicador, que fala o que pensa.

“Acordo todos os dias e me olho no espelho com a consciência tranquila e vejo uma pessoa integra e correta”, comenta Boris Casoy, sobre ser um jornalista independente.

O apresentador foi o primeiro âncora da televisão brasileira, em 1987, no SBT. O veterano coleciona passagens por outros grandes veículos de comunicação, como Grupo Bandeirantes e Record TV. Recentemente, Boris decidiu se dedicar a uma outra paixão e está cursando a faculdade de Medicina Veterinária.

Boris Casoy faz parte de projeto de expansão da Rede Massa FM

Luiz Benite, diretor executivo da Rede Massa FM, enxerga a chegada de Boris Casoy como uma forma de reafirmar o compromisso da emissora com o público. "Nós temos nos dedicado a expandir a rádio por todo o país, levando conteúdo de qualidade e com credibilidade para os ouvintes", atestou.

"É uma honra ter esse jornalista tão respeitado na equipe da Massa FM, falando todos os dias sobre os assuntos mais importantes do nosso país com muita propriedade e personalidade", elogiou Luiz.

 

 



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias