Reportar erro
Comentário

Datena apoia Record em expulsão de Nego do Borel em A Fazenda 2021: "Fez muito bem"

Apresentador deu sua opinião sobre o caso do cantor em reality show

Nego do Borel em A Fazenda; Datena com o dedo levantado no Brasil Urgente
Datena apoia Record em expulsão de Nego do Borel - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 05/10/2021 às 18:36:33

Durante o Brasil Urgente desta terça-feira (5), José Luiz Datena apoiou decisão da Record em ter expulsado Nego do Borel de A Fazenda 2021, após ter cometido suposto estupro a Dayane Mello no confinamento. O jornalista ouvia as informações de Clara Neri, repórter da Band no Rio de Janeiro, que dava detalhes sobre o aparecimento do cantor após a mãe dele ter ido à delegacia para registrar seu sumiço, quando o apresentador fez o comentário.

"A Record fez bem em mandar o cara andar no reality, vai fazer o que? Vai ficar com o cara lá com suspeita de agressão sexual? Não pode. Fez muito bem".

Datena

Assista:

Mais cedo, Raiana Gomes, irmã de Nego do Borel, fez um desabafo sobre o estado de saúde do cantor. Por meio do Instagram, ela revelou que sua família irá tomar uma atitude, buscando um tratamento.

"Meu irmão está realmente doente. Depressão não é brincadeira. Tenham empatia, se coloquem no lugar do próximo! Agora, iremos procurar um tratamento psicológico para ele porque, do jeito que está, não vai continuar", afirmou.

A mãe de Nego, Dona Roseli Viana, chegou a fazer um boletim de ocorrência por conta do sumiço dele. Pela mesma rede social ela demonstrou muita preocupação. "Aparece, por favor", escreveu.

Nego do Borel explica sumiço e estadia em motel

O famoso prestou depoimento aos agentes da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA). Ele foi encontrado em um motel próximo ao Morro do Borel, na Zona Norte do Rio, depois de quase 24 horas sumido, sem dar qualquer notícia.

Em sua declaração, ele afirmou ter saído de casa, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro, por volta das 11h de ontem (04), com a intenção de viajar até São Paulo de carro, uma Mercedes Benz. A intenção inicial era de encontrar amigos, mas acabou desistindo, optando por ficar sozinho para pensar. Por não estar bem emocionalmente, se isolou no motel, garantindo não ter recebido visitas. Lá, tomou quatro comprimidos Dramin para tentar dormir, e não ligou mais seu telefone.



Mais Notícias