Reportar erro
Deu o recado

Marcos Mion apoia Evaristo Costa e cutuca CNN Brasil e Record

Apresentador desaprovou a forma que seu colega de profissão foi demitido

Marcos Mion (à esquerda) e Evaristo Costa (à direita) em foto montagem
Marcos Mion comentou demissão de Evaristo Costa - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 04/09/2021 às 10:30:00

Marcos Mion deu apoio a Evaristo Costa após a demissão dele da CNN Brasil na última sexta-feira (3) e aproveitou para dar uma cutucada no canal pago de jornalismo e também na Record, sua antiga casa. O novo apresentador do Caldeirão deixou a emissora da Barra Funda de maneira surpreendente no ano passado.

“As emissoras de TV ainda precisam aprender a se desligar de seus funcionários”, declarou o comunicador sem qualquer tipo de cerimônia. “É muito louco, eu que o diga”, acrescentou. Evaristo curtiu a publicação de Mion, dando a entender que concordava com ele.

Porém, ele deixou claro também que está muito feliz com seu novo momento na televisão e até fez uma comparação entre a Record e a Globo. “Mas eu que o dia também que na sequência sempre vem algo muito maior e melhor”, completou o apresentador.

Evaristo Costa não faz mais parte do quadro de funcionários da CNN Brasil. Em postagem feita nas redes sociais na sexta, o jornalista anunciou sua saída da emissora. Segundo o apresentador, ele não foi avisado da decisão e foi surpreendido com a notícia ao voltar de férias. Ainda chocado com a decisão do canal, Evaristo ainda não se recuperou do choque e promete contar mais detalhes quando a ficha dele cair.

Marcos Mion apoia Evaristo Costa e cutuca CNN Brasil e Record

Marcos Mion na Globo

Marcos Mion foi contratado pela Globo no começo de agosto e revelou que substituiria Luciano Huck no Caldeirão. Porém, ele seguirá na produção até o fim de dezembro, já que se dedicará ao reality show Túnel do Amor, que será exibido no Multishow em 2022.

A estreia do apresentador aos sábados da emissora acontecerá neste sábado (4) com a presença de Paulo Vieira, Tiago Leifert, Juliana Paes, Larissa Manoela e Ana Furtado. O comunicador também fará uma releitura do Vale a Pena Ver Direito, que agora ganhou o nome Isso a Globo Mostra.

 



Mais Notícias